Desde 1984
Editorial
08 de Abril de 2022
Alerta para a saúde

Hoje, 8 de abril, é o Dia Mundial de Combate ao Câncer. A data é um alerta à sociedade e oportunidade de informar as pessoas sobre a importância de consultar sempre médicos e estar atento à saúde. Com os crescentes índices de mortalidade, a Organização das Nações Unidas (ONU) classifica o câncer como o principal problema de saúde pública do mundo. E isso precisa ser colocado em discussão junto à população.  

Em Monlevade, dados da Secretaria de Saúde apontam que 86 pessoas faleceram com a doença em 2021. Diversos pacientes fazem consultas, exames e tratamentos no setor privado, por isso, não é possível a Secretaria mensurar quantos cidadãos estão em tratamento atualmente. No entanto, na tribuna da Câmara, o vereador Rael Alves (PSDB) disse que o número pode ultrapassar 400 pessoas no município.

Segundo especialistas em Saúde, há inúmeros tipos de Câncer, cada um com formas diferentes de cuidados e prevenção. Assim, as causas para o surgimento da doença podem ser as mais variadas, desde motivos externos (ambiente, costumes e ou hábitos que o indivíduo possui) até fatores internos (características geneticamente predeterminadas). 

Porém, segundo o Instituto Nacional do Câncer, cerca de 80% a 90% de todos os casos da doença estão associados a fatores externos, sendo alguns deles bem conhecidos, como o tabagismo, exposição excessiva ao sol, hábitos alimentares, alcoolismo, falta de prevenção em relações sexuais, medicamentos e fatores ocupacionais.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que até 2030 o câncer vai ultrapassar as doenças cardiovasculares e se tornar a 1ª causa de morte por doença no mundo. Por isso, é preciso ter hábitos saudáveis, realizar atividades físicas e buscar sempre ajuda médica diante de qualquer suspeita. Toda doença, se descoberta no início, amplia as chances de cura. Hoje, o dia serve de alerta: é preciso cuidar diariamente da saúde porque ela é nosso maior bem.