Desde 1984
Editorial
18 de Fevereiro de 2022
Monlevade precisa mais que tapa buraco

A Prefeitura de João Monlevade iniciou, nesta semana, uma operação tapa buracos, para melhorar as principais vias e pontos mais críticos da cidade. No entanto, o município está precisando de um recapeamento nas completo nas pistas de maior fluxo, garantindo mais qualidade para o trânsito.

Os buracos são tantos que nem a frente da Secretaria de Obras foi poupada e tem pelo menos quatro, prejudicando motoristas que seguem a avenida Getúlio Vargas sentido ArcelorMittal. Adiante, próximo da entrada do Belmonte, a situação se repete, exigindo paciência e cautela aos condutores. 

Monlevade precisa mais que operação tapa buracos. Há muitos problemas estruturais que ficam, a cada ano, mais evidentes, com a chegada do período chuvoso. São inúmeros afundamentos de pista, buracos e desníveis que precisam ser reparados. Além disso há alagamentos, como o da enxurrada que desce por uma encosta no bairro Santa Cruz, prejudicando moradores e inundando casas, quando a chuva é intensa. Fora a enchente na rua Amazonas no mesmo bairro. 

Os problemas não são de hoje cabe às administrações públicas, pararem de “enxugar gelo” e buscarem ações mais efetivas contra essas questões. O momento é propício para fazer levantamentos, apurar as situações e traçar metas para a resolução. Enquanto as demandas não forem encaradas como devem, e deixarem de ser empurradas com a barriga, a cidade vai ficando cada vez pior. 

A administração pública pode fazer mais e melhor. Basta lançar um olhar mais apurado e sensível para resolver esses, que não são os maiores problemas do município, mas causam transtornos e incomodam muito o cidadão.