Desde 1984
Gustavo Maciel
10 de Setembro de 2021
Desafio que vale a pena
Primeira vez candidato, primeira vez vereador e uma grande responsabilidade: comandar o Legislativo Monlevadense. Estaria mentindo se dissesse que não sentia frio na barriga nos primeiros meses de mandato. Confesso que este sentimento ainda continua e talvez seja este o combustível para buscar a cada dia um novo aprendizado. Já passamos pouco mais de oito meses desta legislatura. Muitos novatos, assim como eu, estão aprendendo com os veteranos, mas a recíproca vejo que também acontece. Temos uma pluralidade de ideias, pensamentos, mas sempre mantendo o respeito mútuo e a harmonia. A troca de experiências se tornou oxigênio para que a cada dia novas ideias apareçam em prol da nossa cidade.

Nesses oito primeiros meses de mandato, a Câmara pautou e votou projetos, que às vezes, podem ser considerados polêmicos. Entre esses, o subsídio para o Transporte Público e o reajuste de salários para os agentes políticos. São pautas normais ao dia a dia de quem se candidata ao Legislativo. Nestas votações, o que prevaleceu foi o bom senso e o bom debate democrático junto a meus pares.

Por isso, carrego comigo uma certeza de que os meus atos e posicionamentos refletem não só na minha vida. Eles impactam na vida da minha esposa, da minha filha e de todas as crianças que ainda, tão jovens, têm muito a viver. Impactam na vida dos meus pais e de milhares de idosos que merecem uma qualidade de vida. Refletem na vida dos meus amigos, meus vizinhos e familiares. Impactam na vida daquela senhora que me pediu ajuda para que sua rua seja asfaltada, do senhor que quer mais acessibilidade para transitar nas calçadas e avenidas, dos jovens que querem mais esporte, lazer, cultura, qualidade no ensino e oportunidades de emprego. Enfim, tenho a consciência que tudo que eu fizer irá refletir nos mais de 80 mil monlevadenses que depositam em nós, agentes políticos, o sonho de uma cidade cada vez melhor para se viver.

Tenho consciência também, de que hoje estou vereador e estou como presidente da Câmara, mas, mais do que isto, eu sou cidadão e amo esta cidade. Quero, e vou contribuir, todos os dias do nosso mandato, trabalhando incansavelmente na busca do melhor para João Monlevade.

Quando decidi me candidatar, sabia das dificuldades que iria encontrar como agente político, sabia da exposição que o cargo nos traz quando estamos nessa condição e me preparei espiritualmente para enfrentar essa nova fase da minha vida. Para vencer os desafios como presidente da Câmara, tenho focado em fazer o meu trabalho com muita responsabilidade, estudando o regimento interno e buscando coerência e diálogo com todos os pares do legislativo. Busco manter o contato diário com as minhas raízes, com as pessoas que me ajudaram a estar como vereador neste momento.

As experiências têm sido satisfatórias. Muitas novidades, muitas amizades fazemos no meio do caminho, muitas propostas boas sendo materializadas. Dá uma satisfação em saber que tenho contribuído, de alguma forma, para que o nosso sonho de cidade ideal seja construído. Se me perguntassem hoje se eu candidataria novamente, a resposta viria certeira que sim. Parece pouco tempo para avaliar um mandato como vereador que vai durar 4 anos, mas de tudo que vivi e pude contribuir até aqui, e que ainda vou poder contribuir, eu digo que vale a pena.

(*) Gustavo Maciel é vereador e presidente da Câmara de João Monlevade