Desde 1984
Valéria Jacintho
11 de Junho de 2021
Buscar o equilíbrio
A convite da Acimon Mulher, escrevo sobre minha vivência na pandemia, abordando a questão da positividade e empreendedorismo. Sou médica ginecologista-obstetra, atuo na área de sexologia, mamografia e ultrassonografia, além de pós-graduada em gestão empresarial. Sou casada com Marcelo Barroso Moreira, também médico, patologista clínico e intensivista e que está, ultimamente, focado no enfrentamento à Covid-19.

Sou nordestina, vim terminar o curso de Medicina na Santa Casa de Belo Horizonte onde conheci Marcelo. Lá se vão 36 anos, 3 filhos, uma empresa, muitos problemas e muitas alegrias também. Somos parceiros em tudo: vida pessoal e profissional. Se dá certo? Tem dado até agora. Não que seja fácil, mas é possível.

Empreender é um desafio constante, mas com amor, entusiasmo, leveza e companheirismo, torna-se prazeroso. Não vejo muita diferença entre empreender com marido ou com qualquer outra pessoa, pois, como tudo nessa vida, existem vantagens e desvantagens. Eu, pessoalmente, não costumo focar nestes últimos, uma vez que tenho consciência, o resultado pode ser desastroso. O assunto entre nós sempre envolve a Medilab e o desafio é não deixar de lado a parte pessoal de casal.

Buscar o equilíbrio é rotina diária. Difícil mas não impossível. A empresa está tão atrelada à vida de nossa família que até nosso filho mais velho, engenheiro civil, está trabalhando conosco atualmente e, graças a ele, conseguimos abrir uma nova unidade de coleta moderna, ampla e bonita na cidade. A pandemia arrefeceu um pouco nossos planos, sem dúvida, mas, por outro lado, com a diminuição de ritmo, aproximou-me mais de meus filhos e esse lado pessoal, materno, ficou mais aflorado e intenso.

Como disse anteriormente, o equilíbrio é o objetivo, pois tudo tem dois lados; o importante é você decidir em qual lado você investe suas energias. Eu sou feliz.

(*) Valéria Maria Moreno Jacintho é médica, proprietária da MedLab e integrante da Acimon Mulher