Desde 1984
Editorial
12 de Fevereiro de 2021
A vez deles

Monlevade começa hoje (12), a vacinação de idosos com idades de 90 anos ou mais, seguindo os critérios do Plano Nacional de Vacinação. Chegou a vez deles, que são os mais vulneráveis para as internações hospitalares em decorrência da Covid-19. Portanto, merecem ser vacinados. Segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, pessoas acima de 60 anos respondem por 81% das mortes pela doença no estado. 

Nesta semana, os municípios mineiros, segundo o Governo do Estado, receberam nova remessa de doses e começam a imunização de 107.931 mil idosos com mais de 90 anos. Ainda restam 42.353 trabalhadores de saúde, que também serão contemplados com a vacinação.

A medida vem em boa hora e apaga o incêndio nas redes socais provocado por quem estava indignado com a vacinação de profissionais de educação física antes dos idosos. Isso, porque conforme protocolos, esses profissionais se encaixam na faixa de trabalhadores da saúde, prioritários até então.

Conforme o Governo do Estado, a priorização de grupos populacionais para a vacinação é necessária devido à indisponibilidade imediata de vacinas para todos os grupos mais vulneráveis às complicações da Covid. Estudos apontam que indivíduos com mais de 90 anos têm risco 18,3 vezes maior de vir a óbito que o restante da população, e um risco de 8,5 vezes maior de serem hospitalizados.

A vacina protege, salva e desafoga o sistema de saúde, principalmente, em relação às ocupações dos leitos de UTI. Em breve, outros grupos começam a vacinar, dificultando a circulação do vírus. Até lá, é hora de se cuidar: evitar aglomeração, lavar as mãos, higienizá-las com álcool em gel e usar máscaras. Prevenção é o melhor remédio.