Desde 1984
Polícia
28 de Julho de 2022
Preso em Itabira suspeito de violentar jovem em BH
Divulgação - PCMG

A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (27) em Itabira um homem de 28 anos, suspeito de estupro de vulnerável contra um jovem de 19 anos em Belo Horizonte. A prisão fez parte da Operação Predador. Conforme a Polícia Civil, as investigações concluíram que a vítima estava em uma boate no bairro da Savassi, na capital mineira, quando encontrou o acusado em um grupo de amigos em comum. Este pagou uma bebida para o rapaz vítima, que logo depois apresentou um comportamento alterado. 

Aproveitando um descuido dos amigos, o homem retirou o jovem da boate e o levou, através de um carro de aplicativo, para um motel da região central. Ouvido como testemunha, o motorista contou que a vítima apenas balbuciava palavras durante a viagem, e ao sair do veículo, caiu ao chão. Quando os pais do rapaz viram o estado em que ele se encontrava, acionaram a Polícia Civil, que encontrou o suspeito e o levou até à Delegacia, onde, na ocasião, ele foi ouvido e liberado por falta de provas suficientes para mantê-lo preso. 

No entanto, a corporação manteve as investigações, e descobriram que o acusado apresentou uma versão adulterada de um vídeo em seu depoimento, além de voltar ao motel e questionar funcionários e freqüentadores sobre as repercussões policiais após os fatos. Foram realizadas buscas na casa desse investigado, em Itabira, e na de um primo seu, em Belo Horizonte. Os agentes apreenderam dois computadores, três telefones celulares, um pen drive e o passaporte do homem, que trabalha com comércio eletrônico e viaja com freqüência para a capital. 
As investigações, conduzidas pela 4ª Delegacia de Polícia Civil – Centro, concluíram que a vítima teria sido dopada estava inconsciente e sem condições de decidir ou manifestar livremente sua decisão. Os dados genéticos do suspeito foram colhidos para eventuais comparações com outros casos e vítimas.