Desde 1984
Brasil e o Mundo
27 de Junho de 2022
Relato de estupro e gravidez da atriz Klara Castanho gera grande comoção

Uma carta aberta publicada pela atriz Klara Castanho, 21, gerou grande comoção nas redes sociais no último fim de semana. Ela relatou, na noite de sábado (25), que foi estuprada, engravidou e doou o bebê para adoção. O motivo da divulgação da carta, segundo a atriz, foram chantagens que ela estaria sofrendo por parte de uma enfermeira que participou do seu parto e de alguns profissionais da imprensa, que invadiram sua privacidade. Na manhã de hoje (27), a publicação já tinha alcançado mais de 7 milhões de curtidas no Instagram da atriz, que ganhou 5 milhões de novos seguidores desde sábado. 

Em detalhes, a atriz descreve que na ocasião estava longe dos amigos e da família e que não chegou a procurar a polícia. Na carta, ela relata que tomou a pílula do dia seguinte e fez alguns exames após o ocorrido, e que a gravidez só foi descoberta meses depois, quando começou a passar mal. Klara contou ainda que tomou todas as medidas legais e médicas para realizar a doação do bebê para adoção. Após a divulgação, a atriz recebeu o apoio de vários famosos e também de anônimos nas redes sociais.