Desde 1984
Brasil e o Mundo
06 de Junho de 2022
Indigenista e jornalista inglês estão desaparecidos na Amazônia

De acordo com nota divulgada pela União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja), o indigenista brasileiro Bruno Araújo Pereira e o jornalista inglês Dom Phillips, colaborador do jornal The Guardian, estão desaparecidos na Amazônia há mais de 24 horas.

Segundo Univaja, Bruno recebia constantes ameaças de madeireiros, garimpeiros e pescadores. A entidade afirma que eles desapareceram no trajeto entre a comunidade Ribeirinha São Rafael e a cidade de Atalaia do Norte. Eles saíram por volta das 6h de ontem (5) para a viagem que duraria, aproximadamente duas horas, mas não chegaram ao destino.

Phillips e Bruno fazem expedições juntos na região desde 2018, de acordo com o Jornal Guardian. Phillips mora em Salvador e faz reportagens sobre o Brasil há mais de 15 anos para veículos como Washington Post, New York Times e Financial Times, além do Guardian. Bruno é um profundo conhecedor da região, pois foi coordenador regional da Funai de Atalaia do Norte por anos.

Em nota, a Polícia Federal informou que o desaparecimento dos dois já está sendo investigado e que novas informações vão ser divulgadas quando disponíveis.