Desde 1984
Geral
13 de Janeiro de 2022
Monlevade exigirá vacinação completa para eventos públicos e privados
Thiago Gadelha - SVM

A vacina contra o coronavírus será exigida para ingresso em eventos públicos e privados de João Monlevade. A medida está prevista no decreto 12, assinado nesta quinta-feira (13) pelo prefeito, Laércio Ribeiro (PT). Segundo a Prefeitura, “a decisão leva em conta o atual cenário da pandemia do coronavírus, que aponta aumento do número de casos de Covid-19 na cidade, decorrente da variante ômicron. Também é levado em consideração, a proximidade do Carnaval e a provável realização de festas que ocorrem no período”.

Os estabelecimentos que realizem esses eventos, incluindo clubes e casas noturnas, devem exigir a apresentação de um comprovante de imunização, independentemente da quantidade de pessoas presentes. Esse comprovante pode ser o cartão de vacinação em papel ou através dos aplicativos Conect SUS e Conecta Monlevade.
 As empresas que descumprirem o decreto estão sujeitas a multa de uma Unidade Fiscal Padrão do Município de João Monlevade (UFPMJM), atualmente em R$259,04, por pessoa presente e descumprindo a exigência. Em caso de reincidência, a multa sobe para três UFPMJM por pessoas descumprindo. Persistindo o incumprimento, o estabelecimento estará sujeito a suspensão do alvará de funcionamento por até 60 dias e até ao fechamento compulsório do local.