Desde 1984
Geral
12 de Janeiro de 2022
Governo estadual reconhece estado de emergência de Monlevade
Luiz Ernesto Guimarães - Acom - PMJM

O governo de Minas Gerais reconheceu nesta quarta-feira (12) o estado de emergência decretado pelo prefeito de João Monlevade, Laércio Ribeiro (PT), em decorrência das inundações e deslizamentos de terra do fim de semana. Com o reconhecimento estadual, fica autorizada a mobilização dos integrantes do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil para prestar apoio complementar aos municípios atingidos, mediante a coordenação do Gabinete Militar do Governador, por meio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, em articulação com todos os setores do Estado e com a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil. 

Doações

Segundo o Executivo, cerca de 400 pessoas foram afetadas. O recebimento de doações para as vítimas está sendo concentrado na Escola Municipal Eugênia Scharlé, no bairro Vila Tanque, lar provisório de 37 pessoas. Os itens mais necessitados no momento são materiais de limpeza, como vassoura, rodo, detergente e água sanitária. Também podem ser doados alimentos não perecíveis, roupas de cama, toalhas e roupas para adultos e crianças. A quadra do Centro Educacional é ponto de recebimento de móveis, eletrodomésticos e colchões. Quem não tiver meios para transportar as doações, pode agendar o recolhimento pelo WhatsApp (31) 98507-8560 ou (31) 99714-6692.

Limpeza

A limpeza dos locais atingidos pelas chuvas começou ainda nesta terça-feira (11). Caminhões e dezenas de homens retiram a lama de ruas e casas. De acordo com a Prefeitura, Laércio Ribeiro (PT) e o vice-prefeito, Fabrício Lopes (Avante), têm acompanhado diariamente os serviços. 'Todas as equipes estão trabalhando. Pedimos um pouco de compreensão porque é um serviço demorado e lento, mas sabemos que com a união de todos vamos vencer este momento de dificuldades. Quero agradecer a todos que têm nos ajudado. A sociedade civil organizada, empresas que estão cedendo máquinas, equipamentos e homens', diz o vice-prefeito e secretário de Planejamento. 

Já Laércio Ribeiro afirma que a administração municipal fará um estudo aprofundado de toda situação para tentar diminuir impactos futuros. 'O cenário pós-enchente é muito feio, com barro nas ruas e casas. A população tem trabalhado incansavelmente e ajudado muito os nossos servidores. Pedimos a compreensão de toda a comunidade, juntos vamos chegar lá e recompor a cidade até melhor do que estava antes', declarou.