Desde 1984
Geral
19 de Novembro de 2021
Lideranças comemoram anúncio das obras

Entusiasmo e esperança de tempos melhores. Essas são as palavras que definem a expectativa de lideranças de João Monlevade sobre o anúncio da ampliação da produção da Usina de Monlevade e da Mina do Andrade, em Bela Vista de Minas. 
O presidente da Associação Comercial Industrial e Prestação de Serviços de João Monlevade (Acimon), Eduardo Drumond, relembrou que a entidade encabeçou campanha para duplicação da Usina de Monlevade em 2005. “Pra nós, o anúncio tem sabor especial. Desde então, vimos acompanhando e sonhando com início desse processo. Que sorte a nossa, termos em nosso município uma empresa desse porte. Melhor ainda é sua direção acreditar que esta terra é um lugar promissor para investimento de tal envergadura. Tal decisão vem coroar todo trabalho realizado com excelência pela equipe da Usina de Monlevade”, comemorou. 
Segundo Eduardo, “João Monlevade recebeu um presente antecipado de Natal, que trará grandes benefícios ao município, com geração de emprego e renda, com reflexos econômicos, culturais e sociais muito positivos, de imediato e para as futuras gerações”, afirmou. O vice-presidente da CDL, Luiz Carlos Valente, também celebrou. “É a alavanca para colocar Monlevade  entre as melhores economias do Estado. Esperamos que, com esse aumento de produção e, consequentemente, aumento do comércio e da arrecadação de impostos, outros setores  também se desenvolvam”, declarou.  
A expansão da Usina de Monlevade e da Mina do Andrade da ArcelorMittal também foi considerada positiva pelo presidente da Câmara Municipal, Gustavo Maciel (Podemos). Para ele, João Monlevade ganha uma oportunidade única de crescimento econômico, justamente num momento em que o Brasil passa por uma depressão econômica. Gustavo destacou que o parlamento municipal foi convidado para a reunião que anunciou a ampliação da capacidade produtiva da Usina até 2024, que passará dos atuais 1,2 milhão de toneladas de aço anuais para 2,2 milhões. Ele comemorou o anúncio, mas alertou sobre a importância de se discutir também os impactos sociais, como transporte público, moradia, saúde, entre outros pontos. 
Já o presidente da Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Piracicaba (Amepi), o prefeito de São Domingos do Prata, Fernando Rolla (Avante), afirma que essa é uma ótima notícia não só para João Monlevade e Bela Vista Minas, mas para toda a região. Para ele, as obras vão impactar positivamente todo o Médio Piracicaba e que esse é “o anúncio de um tempo novo para a região”. Para Fernando Rolla, o momento é dos prefeitos se unirem, a partir desse importante anúncio e cobrarem a solução de demandas regionais, como a  duplicação da BR-381, até para melhorar o escoamento da produção desse grande projeto.
O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de João Monlevade (Sindmon-Metal), Otacílio das Neves Coelho, também comemorou.  “O aumento de postos de trabalho é mais do que bem-vindo. Tudo isso é resultado da alta qualidade dos trabalhadores e trabalhadoras que contribuem para a produção da riqueza e que, em plena pandemia, mantiveram a todo vapor a produção na cidade.  
Otacílio frisou a importância do município se preparar para lidar com o novo cenário, “com a chegada de um grande contingente de pessoas de outros municípios, com novas necessidades e desafios sociais.  Certamente, o poder público deve estar fazendo avaliação dessas questões. Aliás, uma audiência pública seria bem-vinda, para maior participação da comunidade na discussão desses temas”, afirmou.