Desde 1984
Brasil e o Mundo
16 de Novembro de 2021
Dose de reforço será ampliada para quem tem mais de 18 anos
Arquivo JAN

DA AGÊNCIA BRASIL - Quem tem mais de 18 anos e tomou a segunda dose da vacina contra covid há cinco meses, vai poder tomar a dose de reforço. O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, nesta terça-feira, durante lançamento da 'Mega Campanha' de vacinação. 

Marcelo Queiroga disse ainda que é recomendável que a terceira dose seja de um imunizante diferente das duas primeiras. Por exemplo, quem tomou a primeira e a segunda da AstraZececa, pode e até deve tomar a dose de reforço da Pfizer. No caso da vacina da Janssen, que é aplicada em dose única, o reforço será uma segunda dose. E quem tomou as duas primeiras doses de imunizantes diferentes, deve tomar a dose de reforço da Pfizer.

A terceira dose estava sendo aplicada apenas a partir dos 60 anos e seis meses depois da segunda. Até o momento, pouco mais da metade desse público recebeu o reforço, além dos profissionais de saúde.

A 'Mega Campanha' também pretende chamar a atenção dos 21 milhões de brasileiros que ainda não tomaram a segunda dose da vacina, mesmo estando no prazo para receber o imunizante. A maioria dessas pessoas tem entre 25 e 35 anos, faixa etária de trabalhadores. Por isso, as secretarias de saúde dos municípios vão ampliar o horário de atendimento e organizar mutirões. Para o ministro Queiroga, é importante esse público atualizar a vacinação para que não ocorram novas ondas de covid no país,

O ministro da Saúde ressaltou que já foram distribuídas no país mais de 350 milhões de doses dos imunizantes e que há vacinas suficientes para toda a cobertura da população. Queiroga disse ainda que será lançada uma campanha publicitária para divulgar a vacinação.