Desde 1984
Polícia
17 de Outubro de 2021
PM prende no mato suspeito de estrangular jovem em Itabira
Arquivo JAN

Está preso o maior suspeito de ter matado uma moça de 26 anos nesta quinta-feira (14) em Itabira. No fim da tarde desta sexta-feira (15), a Polícia Militar foi informada de que ele estaria escondido na mata do Jambreiro. A corporação montou um cerco no local, conseguindo encontrar o homem e fazê-lo se entregar. Ele foi imediatamente preso. 

Em depoimento, ele contou que a vítima foi à sua casa para levá-lo para ver o filho. Após ter colhido bananas verdes para levar à criança, a jovem pediu-lhe café, e ele autorizou-a a entrar em casa. Instantes depois, relata o homem preso, ele teria chamado a moça para ir embora, quando ela, subitamente, atacou-o com uma faca. Ele alega que, para defender-se da agressão, revidou estrangulando-a. Em seguida, ele tomou a motocicleta da vítima e fugiu, primeiro para São Gonçalo do Rio Abaixo e depois para a mata do Jambreiro, onde se escondeu e via constantemente as luzes das viaturas que rondavam a área.

O acusado disse estar arrependido, pois tinha um bom relacionamento com a vítima. No seu esconderijo, havia três garrafas de água, um serrote e uma lona azul. Ele indicou uma área de eucaliptos atrás do bairro Boa Esperança como o local onde a motocicleta estava escondida. Quando foi questionado sobre a destinação dos R$75,00 e do cartão chip do celular da mulher morta, seus advogados orientaram-no a não responder a nenhuma pergunta, encerrando a conversa com os militares. 

Alegando dores no polegar da mão direita, ele foi levado ao Pronto-Socorro Municipal, onde foi atendido e liberado. Ele foi preso por homicídio e furto. Seu celular foi apreendido para verificação. A Perícia Técnica da Polícia Civil também foi chamada.