Desde 1984
Geral
08 de Outubro de 2021
Desabastecimento também é debatido na Câmara

Na quarta-feira (6), a preocupação com o desabastecimento já era assunto discutido na Câmara. Os vereadores também falaram sobre possíveis problemas em virtudes de enchentes. Eles comentaram as ações para evitar, por um lado, as enchentes e deslizamentos, e por outro, as torneiras secas e o racionamento de água. Na última semana, ocorreram as primeiras precipitações após meses de uma das mais severas estiagens dos últimos anos. 
Rael Alves (PSDB) mencionou a construção de “piscinões” no bairro Boa Vista para conter a descida de água, evitando a erosão na rua José Faustino Taveira. Marquinho Dornelas (PDT) enfatizou que é necessário limpar as galerias pluviais nas áreas dos novos loteamentos, sob pena de que se concretize uma “tragédia anunciada”. O legislador relembrou as recentes inundações em João Monlevade, considerando que o alagamento no bairro Amazonas, em janeiro de 2020, ocorreu por conta do entupimento das galerias pluviais. 
Thiago Titó (PDT) comentou sobre a possibilidade de crise na distribuição hídrica no município, dizendo que “ninguém quer que isso aconteça”. O presidente da Câmara, Gustavo Maciel (Podemos), relembrou que Itabira decretou nesta semana o racionamento de água, ressaltando a proximidade da terra de Drummond com João Monlevade. 
Líder de governo, Belmar Diniz (PT) mencionou que, em breve, será realizada uma reunião com o secretário municipal de Meio Ambiente, Samuel Domingos, e o assessor de Comunicação e coordenador da revitalização do parque do Areão, Geraldo Magela “Dindão” Gonçalves. O encontro tratará da política ambiental do município e das obras de recuperação do espaço, entre os bairros de Lourdes, Lucília e Satélite.