Desde 1984
Geral
07 de Outubro de 2021
ArcelorMittal e Defesa Civil revisam plano de emergência da barragem do Jacuí
Divulgação - Acom - PMJM

A hidrelétrica do Jacuí, em João Monlevade, passa por uma revisão e adequação do seu Plano de Ação de Emergência (PAE). A atividade é realizada pela Defesa Civil e pela ArcelorMittal, proprietária da estrutura. O trabalho atende às diretrizes da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e à Coordenação Estadual da Defesa Civil, e é dividido em três etapas. 

A primeira é o cadastro das famílias dos bairros Centro Industrial e Santa Cruz, normalmente afetadas pelas cheias do rio Piracicaba. Depois, as rotas de fuga e os pontos de encontro serão sinalizados, e sistemas de alarme serão instalados. Por fim, em datas a serem divulgadas, os moradores passarão por treinamentos para emergências. 

Considerada atualmente como de pequeno porte, a Pequena Central Hidrelétrica Piracicaba (PCH – Piracicaba) foi construída em 1939 para atender à nascente Companhia Siderúrgica Belgo-Mineira e à então vila operária. A estrutura é feita de concreto, passa por manutenções preventivas constantes e, de acordo com a Prefeitura, é considerada segura. Atualmente, ela supre parte da demanda elétrica da ArcelorMittal Monlevade.