Desde 1984
Variedades
10 de Setembro de 2021
Real comemora 64 anos de fundação e pede respeito às normas da pandemia
Erivelton Braz
Integrantes da diretoria e do conselho do clube: Rose Vasconcelos, Francisco Bernardino, Rodrigo Coura. Também na foto, Daniel Bahia, os vereadores Gustavo Prandini e Gustavo Maciel, além do presidente José Oscar e Renata Vasconcelos

Clube presta homenagem a um dos fundadores, Nino Prandini

Desde 1957, o dia 7 de setembro é especial para o Real Esporte Clube. E não foi diferente na última terça-feira, quando o clube celebrou mais um ano, chegando aos 64 anos de fundação do Clube. O Centro Esportivo Domingos Silvério Sobrinho também comemorou 38 anos de excelência e bem estar oferecidos aos seus associados.
Diante da pandemia da Covid-19, a tradicional festa com jogos, atividades recreativas e confraternizações foi substituída por um ato solene, marcado com pedidos de respeito às normas sanitárias. O clube, cumprindo um importante papel social neste momento, reforçou o uso obrigatório de máscaras, higienização das mãos e distanciamento social, evitando aglomerações aos presentes. Colaboradores ainda auxiliaram o cumprimento destes protocolos. 
O recado foi de cuidado com o próximo. “Há quase dois anos o mundo vive uma pandemia, e no meio de incertezas, é comum sentir-se impotente. Muitos eram os projetos que havíamos idealizado para realizar em prol do Clube e dos associados. Infelizmente, tivemos que adiar os projetos, a fim de passarmos por essa turbulência de forma estruturada e consciente, sempre trabalhando e pensando no coletivo”, alertou a diretora social, Rose Vasconcelos, no cerimonial. 
A solenidade de comemoração contou com um momento cívico. O presidente da Câmara Municipal de João Monlevade e associado, Gustavo José Dias Maciel, hasteou a bandeira do Brasil. Daniel Bahia, proprietário da Escola de Música Daniel Bahia (EMDB), parceira do Real, hasteou a bandeira do Estado de Minas Gerais e o presidente do Real, José Oscar de Morais, hasteou a bandeira do clube. Durante o ato,  o Hino Nacional Brasileiro foi interpretado pelos alunos da EMDB, pela cantora Amanda Oliveira e pelo músico Márcio Henrique Dias, ao teclado. 

Homenagem

Também nas comemorações do aniversário, o clube prestou homenagem a um dos seus fundadores, José Prandini, conhecido por todos como Nino Prandini. A piscina baby, destinada a crianças pequenas e construída recentemente, recebeu o nome dele. Ele teve participação importante para a edificação do Real e muito contribuiu com o Clube. “Nino foi um dos baluartes deste colosso. Foi um dos atletas do time de futebol do Real Esporte Clube nos áureos tempos do futebol da cidade, na década de 70. Juntamente com Edilson Silvério convidou alguns amigos que conviviam com eles na Associação Cristã de Moços (ACM), para levar à frente um audacioso projeto em uma verdadeira saga: transformar um time de futebol em um Clube sócio-esportivo e cultural”, relembrou o cerimonial. A filha do homenageado, Janine Prandini, acompanhada dos dois filhos dela e do primo, o vereador Gustavo Prandini, fizeram o descerramento da placa da Piscina Baby. Em seu discurso, emocionada, Janine lembrou o pai, agradeceu a honraria e disse que ele deixou um legado de dedicação, esforço, trabalho e estudo. 

História

Conforme a história do clube, na noite de 17 de março de 1977, no 2º pavimento do Clube Elite, próximo à atual Drogaria Pacheco, eles se reuniram e elegeram uma diretoria para realizar este grande sonho. Para angariar fundos, liderados por Nino, foram realizados diversos eventos: feijoadas, almoços, jantares, rifas e bingos de carros.  No dia 7 de setembro de 1983, com a presença do prefeito à época, Germin Loureiro, sua esposa Zarif Loureiro, o então presidente do Clube José Prandini e grande público, inauguraram o Centro Esportivo Domingos Silvério Sobrinho. “Nino, além de grande colaborador do Clube, era uma pessoa simples, destituída de vaidades e muito grato às pessoas que carregaram o time do Real nas costas, nos bons tempos do futebol. Tanto assim, por sugestões veemente dele, as instalações construídas levam os nomes destes senhores, inclusive, o próprio nome do Centro Esportivo Domingos Silvério Sobrinho. Portanto, toda gratidão a ele é pouca pelo muito que ele fez por este belo e monumental Clube'. 

Bolo

Tradicionalmente, o Real Esporte Clube comemora seu aniversário com o bolo distribuído aos sócios. Seguindo os protocolos atuais frente a pandemia, neste ano, o bolo foi entregue em potes, no Salão de Festas Antônio Heleno, mediante vale bolo entregue na portaria do Clube aos presentes. 

Erivelton Braz
Tradicional bolo de aniversário foi entregue com protocolos de segurança
Erivelton Braz
Familiares de Nino Prandini recebem homenagem do clube
Erivelton Braz
Tradicional bolo de aniversário foi entregue com protocolos de segurança
Erivelton Braz
Familiares de Nino Prandini recebem homenagem do clube