Desde 1984
Região
27 de Agosto de 2021
Microrregião de João Monlevade volta à onda amarela do Minas Consciente
Erivelton Braz

A microrregião de João Monlevade voltou nesta quinta-feira (26) à onda amarela do programa Minas Consciente. A decisão foi anunciada pelo comitê do programa estadual, e reverte a definição da semana passada, que havia incluído os cinco municípios na onda vermelha, que prevê maior restrição à vida econômica e social. A macrorregião Centro, que engloba a microrregião de João Monlevade e outras, permaneceu na onda verde. 

Apesar da “progressão”, a entrada das cidades na onda amarela não produz frutos imediatos, pois cada Prefeitura deve baixar um decreto regulamentando atividades comerciais, industriais e a vida social conforme as condições de cada município. A microrregião de João Monlevade abrange Bela Vista de Minas, Nova Era, Rio Piracicaba, João Monlevade e São Domingos do Prata. 

A microrregião de Itabira, que na semana passada foi incluída na onda amarela, passou para a velha nesta quinta-feira. Esse agrupamento é composto por Ferros, Itabira, Itambé do Mato Dentro, Passabém, Santa Maria de Itabira, São Gonçalo do Rio Abaixo e São Gonçalo do Rio Preto. No entanto, essas cidades também fazem parte da macrorregião Centro, que está na onda verde. Já São José do Goiabal, que integra a microrregião de Ponte Nova e a macrorregião Leste do Sul, e Dionísio, que faz parte da microrregião de Coronel Fabriciano-Timóteo e da macrorregião Vale do Aço, permanecem na onda verde nas duas classificações.