Desde 1984
Geral
18 de Junho de 2021
Conta de água deve aumentar 13,2% em João Monlevade
Divulgação
Estação de tratamento de água nas Pacas abastece João Monlevade

A Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento Básico de Minas Gerais (Arisb-MG) emitiu, no último dia 11, uma nota técnica com revisão tarifária dos serviços de água e esgoto do município de João Monlevade. 
No documento, a agência afirmou a necessidade de reposicionamento tarifário de, inicialmente 15,56 %. No entanto, segundo a Prefeitura, após considerações e retirando valores para investimentos, ficou definido 13,24% de aumento. Ainda não há prazo para início da cobrança da nova tarifa. 
A agência alega que o índice ocorre “devido ao desequilíbrio entre o atual patamar de receitas e a soma das despesas de exploração projetadas e investimentos previstos”. Ainda na nota, a agência pede uma reavaliação das condições gerais da prestação de serviços e do DAE.
As informações da Nota Técnica estão disponibilizadas no site do DAE. A população também pode avaliar os serviços prestados pela autarquia, por meio de uma Consulta Pública, que vai até o dia 24 de junho. Os documentos estão disponíveis no site do DAE: www.daejoaomonlevade.com.br.

Auditoria

Segundo a Prefeitura, as contas do Departamento de Águas e Esgotos de João Monlevade (DAE) vão passar por criteriosa análise técnica feita por empresa especializada em auditorias. A ação visa dar mais transparência aos dados públicos, além de apontar eventuais irregularidades ou informações que precisam ser corrigidas visando a saúde financeira da instituição.
O diretor do DAE, José Afonso Martins, disse que o edital do processo licitatório para a contratação da empresa está em fase de elaboração e será publicado nos próximos dias. Ele também explicou que a auditoria poderia ser contratada por meio de profissionais com notória especialização na área, mas o DAE optou pela licitação para garantir ainda mais transparência e lisura ao processo. A auditoria no DAE é um dos pedidos da população e compromisso assumido pelo governo do prefeito Laércio Ribeiro (PT).

Câmara

O assunto repercutiu na Câmara Municipal nesta semana. O vereador Vanderlei Miranda (PL) apelou para que o reajuste não aconteça: 'Eu tenho certeza que o Executivo não vai acatar isso neste ano, por causa dessa pandemia. Sabemos que muitas pessoas não estão conseguindo pagar a conta de água'. O líder do governo, Belmar Diniz (PT), solicitou o agendamento de uma reunião dos vereadores com representantes da Arisb-MG para debater o caso. Segundo Belmar, uma das grandes despesas do DAE é com a energia elétrica, atualmente com tarifa em 'bandeira vermelha', mais cara. 

Melhorias no DAE

Em nota enviada à imprensa, na tarde ontem (17), a Prefeitura de João Monlevade informa que o DAE, nos últimos seis meses, tem promovido diversas melhorias em todo o sistema de produção e distribuição de água.
 O governo aponta para a duplicação de rede na região das Pacas, troca das chaves fusíveis e para-raios da rede elétrica da Estação de Tratamento de Água (ETA); manutenção preventiva/corretiva nos painéis da ETA e troca e instalação de novos registros nas redes adutoras e melhoria na distribuição para a região do Cruzeiro Celeste.