Desde 1984
Variedades
11 de Junho de 2021
Vida nova: um ano após operação, mulher comemora ganhos na saúde
João Vitor Simão
Sirlânia antes e após a cirurgia bariátrica feita no ano passado

Sirlânia Pinto perdeu 82 kg, 42% do peso corporal e ganhou mais felicidade

 

Uma monlevadense celebra a nova vida um ano após submeter-se a uma cirurgia bariátrica. Desde 2019, Sirlânia Pinto, de 46 anos, mobilizou a comunidade em uma campanha de arrecadação de fundos para conseguir a operação, que lhe restituiu a saúde, a autoestima e a felicidade. 
Antes de iniciar a preparação para a cirurgia, Sirlânia tinha 195 kg de massa corpórea, número que caiu para 162 kg apenas através de dieta especial. Em 23 de maio do ano passado, ela foi submetida à intervenção cirúrgica, ficando internada por mais alguns dias. 
Depois de receber alta, Sirlânia recobrou gradualmente a saúde e, gradativamente, a capacidade de se alimentar: “Comecei tomando apenas líquidos, depois o pastoso e, devagar, comecei a comer de novo”. O rigor se justifica: ela agora está com 113, o que significa que, ao longo do processo pré e pós-operatório, Sirlânia perdeu 42% do seu peso corporal, o equivalente a 82 kg.


Sofrimento 

Sirlânia sofria há anos com a obesidade, que causava sofrimento, fortes dores e a impedia de desempenhar as tarefas mais simples do cotidiano, como ir ao supermercado ou tomar um ônibus. Ela conta que não podia sequer comparecer às reuniões de pais na escola de seus filhos e até caminhar em casa ou arrumar o guarda-roupas, por exemplo, eram complicadas proezas. 
Em 2019, a situação chegou aos ouvidos dos membros da Loja Maçônica Luz do Vale e aos radialistas Chico Franco e Mariléia Miranda, que iniciaram uma campanha de arrecadação de fundos para custear a operação bariátrica para ela. 

Felicidade

A vida passou a sorrir mais para Sirlânia, que voltou a frequentar espaços públicos sem embaraços: “Muitas vezes, a sociedade tem preconceito com obesos”, conta o marido, Wagner. A academia e a natação também foram incluídas na lista de atividades, como uma forma de manter o corpo e a mente de Sirlânia ativos. 
Mas, o principal ganho da monlevadense foi a montagem de um bazar beneficente anexo à sua casa, no bairro Loanda. Através da loja, ela faz amigos, ocupa o dia e se mantém entretida: “Às vezes, meus filhos precisam me avisar sobre as tarefas, porque eu nem vejo a hora passar”. Ali, está disponível uma ampla gama de roupas masculinas, femininas e infantis: blusas, calças, camisas, sapatos, chinelos, tênis e até vestidos de festa, num total de cerca de três mil exemplares disponíveis. Quem quiser deixar alguma peça de roupa em bom estado pode falar com Sirlânia pelo telefone (31) 99480-1857.

Gratidão

Sirlânia não esconde a gratidão a todos aqueles que, de uma forma ou de outra, contribuíram com a campanha por seu tratamento, pois, segundo ela, a família não precisou preocupar-se em nenhum momento com as despesas. Sobretudo, ela agradece a Deus, de quem conservou uma grande fé de que tudo daria certo, mesmo nos momentos mais difíceis: “Ele me deu vitórias que eu nem imaginava”. Para aqueles que passam por situações semelhantes, ela deixa uma mensagem de estímulo: “Nunca, nunca desistam. Fiquem firmes, mantenham o foco, vocês vão conseguir”.