Desde 1984
Geral
04 de Maio de 2021
Vanderlei Miranda é diplomado vereador

A Justiça Eleitoral expediu nesta terça-feira (4) o diploma de vereador de Vanderlei Miranda (PL). O documento, assinado pelo juiz Estêvão José Damazo, é divulgado 18 dias depois do anúncio de que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) votou contra a então ocupante da cadeira, Andréa Corrêa Martins (PTB). Com o diploma nas mãos, Miranda está apto a tomar posse, que deve acontecer em data a ser agendada pelo presidente da casa, Gustavo Maciel (Podemos). 

O novo parlamentar monlevadense diz: “Espero muito trabalho. Nesses quatro meses fora, pude fazer uma reflexão melhor da política local”. Esse é o quarto mandato de Vanderlei Miranda. Ele recebeu 566 votos nas eleições de 2020. 

O vereador volta à Câmara por conta do pedido de impugnação da candidatura de Andréa Corrêa Martins. 

No ano passado, ainda durante a campanha, o advogado e também candidato Gleidson Caetano (Podemos) pediu o indeferimento da candidatura de Andréa, alegando que ela teria burlado a legislação ao deixar o comando da Secretaria Municipal de Saúde depois do prazo fixado pela Justiça Eleitoral. Em abril de 2020, ela tornou-se secretária-adjunta, cargo que ocupou até agosto, o que Gleidson considerou uma manobra para que Andréa se beneficiasse da máquina pública.