Desde 1984
Geral
15 de Abril de 2021
CTI para coronavírus do Margarida permanece pressionado por ocupação

O Centro de Terapia Intensiva (CTI) especial para Covid-19 do Hospital Margarida amanheceu novamente sobrecarregado nesta quinta-feira (15). De acordo com o boletim da casa de saúde, com dados das 9h, o setor abriga 31 pacientes, o que equivale a 124% de sua capacidade. Vale lembrar que, nesta semana, o CTI  mais que dobrou a quantidade de leitos, de 10 para 25. Ainda assim, com o aumento do contágio, o setor permanece estrangulado.
Conforme o  boletim, 15  internados já tiveram o coronavírus confirmado, enquanto os outros 16 são casos suspeitos. Ao todo, 24  pacientes residem em João Monlevade e os outros sete vieram de outros municípios. 
Uma situação menos aflitiva vive a enfermaria especial, que trabalha com 48% de sua capacidade, atendendo a 13 pacientes, todos aguardando o resultado de exames para comprovar ou descartar a Covid-19. A enfermaria também dobrou os leitos, de 12 para 24, mas ainda assim, a contaminação segue em alta, lotando o espaço de saúde. Entre os internados, 12 são monlevadenses, e um mora em outra cidade. Já o ambulatório especial, destinado ao primeiro atendimento a casos suspeitos, atende a dois residentes de João Monlevade.