Desde 1984
Clésio Gonçalves
07 de Julho de 2023
A BR-381 e o movimento pró-vidas

Tenho, assim como vários monlevadenses, uma história de vida com a BR-381. As lembranças mais marcantes foram durante os oito anos em que trabalhei na Secretaria do Estado de Indústria e Comércio em Belo Horizonte e, em todos os fins de semana, vinha para Monlevade. Vi muitas cenas tristes: filhos ficando órfãos, estudante recém-formado em medicina que perdeu a vida na estrada, uma senhora que há muitos anos não via a irmã e que não chegou a revê-la pois morreu na rodovia... 
Enquanto vereador, participei de diversas manifestações pela duplicação da via. Em 2011, através do Instituto Solar, realizamos com o apoio de empresas e entidades, uma campanha de conscientização para se evitar acidentes. Posteriormente, fizemos o Guia BR-381 com vias alternativas a serem usadas em caso de acidentes.
Em 2022, criamos o Movimento Pró-Vidas BR-381 que reúne Prefeituras, Câmaras Municipais, Associações Comerciais e de Municípios de várias regiões, CDLs, Fiemg Vale do Aço e Sindicatos ligados ao Setor de Transporte. O objetivo é unificar ações para a duplicação da rodovia de forma rápida e fomentar outras que amenizem os transtornos causados pelas obras. 
Como filosofia, o movimento é apartidário e defende a união de todos os segmentos e regiões no entorno da BR-381. Como estratégia, agimos no lugar certo, na hora certa e com a pessoa certa. Defendemos não só a duplicação, mas também alternativas para amenizar os transtornos dos usuários em função das obras, previstas para nove anos de duração. Além disso, buscamos o apoio de todos os deputados estaduais, federais e senadores de Minas. Em especial, os votados nas regiões no entorno da BR-381. Além disso, buscamos ações permanentes até que as obras estejam 100% concluídas. 
A importância do movimento é que os trechos mais perigosos e de maior fluxo estão na região do Médio Piracicaba. Além disso, as obras impactam direta e indiretamente várias cidades. Para o andamento, tem sido muito importante a participação e apoio do prefeito Fernando Rolla, de São Domingos do Prata, desde quando presidiu a Amepi; do prefeito de João Monlevade, Dr. Laércio, e o de Itabira e atual presidente da Amepi, Marco Antônio Lage. Ele tem trabalhado intensamente no movimento e tem plena consciência da importância da rodovia para o desenvolvimento do Médio Piracicaba. A participação fortalece a Amepi como líder do desenvolvimento regional.

 

 

(*) Clésio Gonçalves é diretor do Instituto Solar, ex-presidente da Câmara de João Monlevade e ex-assessor de Comunicação da Prefeitura de João Monlevade