Desde 1984
Coxia
12 de Fevereiro de 2021
Coxia 2620

Volta às aulas 

Enquanto alguns pais defendem a volta às aulas, professores querem a vacinação da classe, antes da retomada das aulas presenciais. A reabertura das escolas, condicionada à imunização dos profissionais da educação, foi defendida pelos vereadores durante a reunião ordinária desta quarta (10). Vale lembrar que os critérios da escolha de grupos prioritários é do Governo Federal. Assunto do momento e que precisa ser ampliado. Educação é coisa séria.


Sem guerra

Alunos não podem mais ficar prejudicados com as aulas online por uma série de razões. Mas o professores e profissionais da educação nas escolas não podem ficar com o vírus. Não é momento para um cabo de guerra. Mas de debate sério e necessário para tratar da questão junto às autoridades em saúde. 


Falando nisso

Como devem estar os prédios escolares de João Monlevade fechados há um ano? Sem manutenção, o custo para reativá-los não deve ser pequeno. Está na hora da Prefeitura começar uma vistoria a fim de prepará-los para uma possível volta às aulas.


Estado

A Prefeitura de João Monlevade ainda não definiu (se terá ou quando) o retorno das aulas presenciais. No entanto, o governador Romeu Zema (Novo) já sinalizou que as aulas voltam em março de forma presencial opcional: o aluno não é obrigado a i para a escola.  


Vacinação

A vacinação de profissionais da saúde antes de idosos tem rendido polêmica em João Monlevade. Enquanto a Prefeitura informa que segue protocolos do Ministério da Saúde, nas redes sociais as críticas são contra profissionais de saúde saudáveis receberem

as doses antes dos idosos.


Riscos

O protesto tem sentido, embora a definição de quem deve receber a vacina seja do Ministério da Saúde. Porém, de acordo com o Programa Nacional de Imunização (PNI), os riscos de agravamento e óbitos por Covid-19 foram considerados para a definição dos grupos prioritários. Segundo Nota Técnica publicada pelo Ministério, foram avaliados a transmissão comunitária e o risco de morte pelo coronavírus relacionado a faixas etárias mais avançadas, que chega a ser 8,5 vezes maior para hospitalização e 18,3 vezes maior para óbito entre idosos com mais de 90 anos ou mais.


Próximos

Monlevade inicia hoje, sexta-feira (12), a vacinação de idosos de 90 anos ou mais. Ainda não há o número de quantos serão imunizados no município. Mas o Governo de Minas anunciou que mais de 100 mil idosos devem ser contemplados neste momento em todo o Estado. 


Sucateado

O prefeito Laércio Ribeiro apresentou a situação de vários locais públicos aos vereadores de João Monlevade. Chama a atenção que o imóvel onde funcionam programas sociais, a Casa do Bem Viver, recebe R$9 mil mensais de aluguel e que, caso o município queira devolvê-lo aos proprietários, terá que pagar cerca de R$300 mil em reformas. Lamentável.


Carnaval

Monlevade perdeu há anos a sua tradição carnavalesca e a festa mais popular do planeta ficou reduzida, neste ano no município, a uma discussão sobre abertura ou fechamento do comércio na segunda, terça e Quarta de Cinzas. Enquanto a Acimon defende o funcionamento dos estabelecimentos, a CDL diz cumprir acordo com sindicato e recomenda o fechamento das lojas. Seria muito bom para Monlevade se as entidades convergissem seus pontos de vista. 


Boa notícia

O monlevadense Herik Pires Marques é o novo diretor-superintendente da Fundação ArcelorMittal. Segundo a empresa, ele iniciou as novas funções em janeiro e seguirá à frente dos projetos empreendidos nas áreas de cultura, educação, esporte e promoção social. Ele é filho dos conhecidos comerciantes Canarinho e Silvia.


Novas lojas

A região do Cruzeiro Celeste ganha novas lojas. A Carina Lana Stories, que leva o nome da esposa do ex-vereador Guilherme Nasser, inaugura sua filial na região no dia 20 de fevereiro, com música ao vivo e muitas promoções. A Sensual Lingerie também abriu filial no bairro, ampliando o atendimento com peças de qualidade. Em tempos duros, o empreendedorismo e a coragem para inovar são essenciais para mudar o foco e superar dificuldades.


IPTU

Em breve, chegam os carnês do IPTU de Monlevade com reajuste de 24,5%. O valor foi calculado conforme o INPC, já que a Comissão de Avalição Imobiliária da Prefeitura não definiu o índice para este ano. Com o aumento, a Prefeitura de João Monlevade pode arrecadar R$8.884.024,81. Em 2020, o município arrecadou R$7.134.616,77.