Desde 1984
() José das Graças Teodoro
20 de Novembro de 2020
Carta ao prefeito e vice-prefeito eleitos

Primeiramente, Laércio e Fabrício, parabéns pela nova trajetória na administração municipal, que se inicia desde já, a partir do resultado das urnas. Vocês têm agora a chance de promover a mudança que se faz necessária na administração pública de nossa querida João Monlevade. Experiência vocês têm. Cabe, agora, demonstrá-la. Vocês são pessoas inteligentes, capazes e preparadas, além de saberem que uma gestão comprometida e ética, sem dúvidas, é o melhor caminho para fazer com que a história os reconheça como bons gestores.

Lembrem-se que prefeitura não é cabide de empregos e nem lugar de troca de favores. Mas sim, um espaço que se constrói pelos eleitos e funcionários públicos, aprovados por mérito em concurso público e que, ano após ano, ajudam a máquina funcionar. E claro, esse espaço, para ser construído, também abarca pessoas que são nomeadas temporariamente, sem vínculo de estabilidade com o serviço público. O que atrapalha é quando pessoas, sem o devido conhecimento técnico, são nomeadas para ocupar esses cargos e passam a chefiar departamentos e secretarias, os quais são, em sua totalidade, absolutamente necessários à boa administração. Necessitamos, pois, de bons profissionais, tecnicamente preparados, com trajetória formativa e participativa e que prezem pelos princípios da ética e da boa administração para ocupar esses cargos. Sejam eles de chefia ou não.

É importante lembrar que o cargo comissionado é, também, cargo demissionário. Pois o que fazem hoje é costurar transferência de cargos nos departamentos. O tal troca-troca. Acredito, porém, que a proposta de vocês é diferente. Acredito que vocês farão boas escolhas, para que as coisas funcionem da melhor maneira, qual seja: limpa, transparente e coerente com a trajetória de ambos, na luta por uma cidade e uma sociedade melhores.

Acredito, também, que tanto aqueles que confiaram os votos a vocês quanto aqueles que não o fizeram, compartilham de minha esperança em tempos melhores para todos. E, por isso, eu gostaria de convidar a todas e todos a refletirem a respeito do exercício da democracia por meio do voto, que no modelo eleitoral de nosso país elege os prefeitos e vice-prefeitos por maioria. De modo que, a maioria faz a escolha, mas governa-se para todos: aliados, opositores e, também, para aqueles que reservam para si o direito de não fazer escolha alguma, anulando seus votos ou votando em branco. Independentemente do quadrante político ideológico e indepentemente da escolha nas urnas, todas e todos são cidadãos monlevadenses. Todos devem ter seus direitos assegurados e suas necessidades atendidas, no que se referem às obrigações do município para com a população. E aqueles direitos mais básicos, como acesso a saúde, educação, saneamento básico, moradia digna, cultura e lazer, transporte coletivo de qualidade e com preço justo, devem ser prioridade, sempre!

Não posso deixar de mencionar os desafios que precisarão ser enfrentados, em função da crise sanitária que assola, de maneira desigual, o mundo inteiro nesse momento. Neste sentido, desejo que vocês tenham sabedoria e se orientem sempre pelo conhecimento e pela ciência, que são os intrumentos apropriados para definir diretrizes e ações em circusntâncias como esta.

As experiências que vocês, Laércio e Fabrício, trazem das gestões anteriores lhes darão a oportunidade de mostrar o que sabem fazer de melhor! Como cidadão nascido, criado e estabelecido em João Monlevade, torno público esse anseio. Manifesto, também, a esperança que tenho de testemunhar, ao longo da gestão de vocês, a justa distribuição e aplicação de recursos, sempre orientada ao bem coletivo, primando pela defesa dos mais vulneráveis, em diálogo com os setores que fazem girar a economia e, sempre, com muita ética, transparência e, claro, com participação do povo.

 

Do amigo, José das Graças Teodoro


(*) José das Graças Teodoro é monlevadense e comerciante