Desde 1984
Coxia
06 de Novembro de 2020
Coxia 2607

Cara de pau

A Rádio Global FM, dirigida pelo marido da prefeita e candidata à reeleição, Simone Carvalho (PTB), foi obrigada a parar com a pesquisa do dia. A enquete diária perguntava se o eleitor já escolheu candidatos e a resposta deveria ser sim ou não, além da indicação do nome do ouvinte, bairro e número de telefone. 

Pesquisa do dia

A Notícia quer saber: as informações seriam repassadas para a campanha da prefeita ou seriam compartilhadas com os outros candidatos? Sim ou não? Qual a sua opinião? E eleitor, você acha certo esse tipo de artifício para conseguir vantagem eleitoral? Sim ou não? 

Máquina

Mais do que querer informações de eleitores, a campanha de reeleição da prefeita é pautada em mostrar realizações feitas com dinheiro púlbico. Muitas, aliás, com dinheiro emprestado de bancos e que serão pagos pelos próximos gestores. Asfaltos, calçamentos, reformas de quadras, etc, não são feitas pela prefeita (como dito em sua propaganda), mas pela municipalidade.

Sunga

Assessor de Comunicação do governo Simone Carvalho postou em rede social que “a Acimon não representa nem minha sunga”. A postagem na rede social, ainda que particular do servidor público comissionado, pegou péssimo para a administração. Falta de respeito com uma entidade que representa a classe empresarial do município (da qual o assessor se diz fazer parte) e que existe há mais de cinquenta anos. 

Cara

Atitudes como essa são a cara do governo. A prefeita Simone, em sua gestão, sempre ficou distante da entidade, limitando-se à participação nas festas do Destaque Acimon, realizadas anualmente. Sua gestão foi marcada pela ausência de debates com entidades de classe para ajudar a desenvolver Monlevade.

Fugiu

E demonstrando ainda mais falta de respeito, além de usar foto como se a entidade a apoiasse (a Acimon é apartidária), a prefeita recusou-se a participar de um debate com todos os candidato, promovido pela entidade, na próxima semana.

Entrevistas

A Notícia gravou entrevistas com os candidatos a prefeito deste ano e publica, nesta edição, um resumo com as propostas de cada um deles. A exemplo do ocorrido com a Acimon, Simone Carvalho sequer respondeu ao convite feito pelo jornal. Ela é a única que não compareceu para apresentar suas ideias para Monlevade. As entrevistas estão no canal do Youtube do A Notícia.

Fonte

Rendeu polêmica na Câmara Municipal o debate sobre a retirada da fonte da Praça do Povo. Vereadores comentaram que o memorial descritivo original do projeto, constava a possibilidade da retirada da fonte. No entanto, os parlamentares da oposição não queriam a retirada do chafariz. Será que a administração vai reconstruí-la?

Estrela

Nos bastidores, dizem que a atual administração não quer a fonte na Praça porque ela tem formato de estrela. Eles acreditam que seja alusão ao símbolo do PT, partido do ex-prefeito Leonardo Diniz, que construiu a praça na década de 90. 

Partidos I

Quem ouve com atenção as inserções de propaganda eleitoral no rádio e lê os impressos distribuídos pelos candidatos já reparou: os partidos políticos quase não aparecem. As peças explicitam os números dos pretendentes, de forma a grudá-los nas mentes do eleitor, mas o nome e a logomarca das legendas ficam sempre escondidas, como se estivessem ali por obrigação. Será vergonha?

Partidos II

No material de campanha de Laércio Ribeiro, o número 13 aparece em destaque, enquanto a estrela e o nome “Partido dos Trabalhadores” foram quase abolidos, e a cor vermelha da sigla foi substituída por tons de amarelo e marrom. Houve tempos em que dizer-se do PT, por si só, já agregava uma boa imagem ao indivíduo. Depois da Lava-Jato e da prisão de Lula, muitos candidatos passaram a esconder a estrela.

Santos

Olhos para cima, mãos postas, objetos de oração, expressão terna e contemplativa. Parece a descrição dos ícones dos santos, Apóstolos e profetas. Mas é assim que se fazem algumas campanhas eleitorais em João Monlevade. Os marqueteiros se baseiam na mais bela e divinal iconografia religiosa para transformar seus candidatos em arautos da santidade. Vade retro! É cada uma...