Desde 1984
Editorial
16 de Outubro de 2020
Denúncia grave

É grave e merece apuração a denúncia do vereador Guilherme Nasser (MDB) sobre a compra de asfalto por parte da Prefeitura de João Monlevade. Segundo ele, o Executivo aproveitou a licitação do Consórcio Intermunicipal Multissetorial do Médio Piracicaba (Consmepi) para adquirir além da cota estipulada pelo município. Segundo o parlamentar, a Prefeitura tinha direito a 300 metros cúbicos, mas passou por cima do contrato e adquiriu mais 1,6 mil metros cúbicos por conta própria. O governo Simone entregou contrato em branco ao Consmepi, sem especificar a quantidade de asfalto. É no mínimo quer burlar a legislação para se aproveitar politicamente.

Como ocorre desde tempos atrás, no último ano de mandato, prefeitos costumam “mostrar serviço”, com asfaltamentos e obras em toda a cidade. São os chamados governos de oito meses, que se esforçam para compensar em pouquíssimo tempo, o que não foi feito nos três anos de governo. 

Além disso, o ato de aproveitar uma licitação para comprar a mais, deve ser apurado e levado ao conhecimento do Ministério Público e demais autoridades. Em ano eleitoral, o assunto torna-se ainda mais grave. Política é coisa séria.