Desde 1984
Coxia
16 de Outubro de 2020
Coxia 2604

Adiadas

A própria prefeita Simone Carvalho adiou para 2021, promessas de campanha feitas em 2016. Nesta semana, ela enviou projeto para a Câmara Municipal adiando obras inclusas no PPA para o próximo ano. “Não podemos vender ilusões”, criticou o vereador Thiago Titó (PDT).


Canil

Chama atenção que entre as propostas, está a finalização da obra do canil, no Parque do Areão. Um novo abrigo para cães foi prometido pela prefeita. Ela aproveitou a obra inacabada do Museu do Aço, iniciado por Gustavo Prandini, e transformou um espaço de memória em lar temporário para os cachorros abandonados. No entanto, deixou a medida para o próximo ano.


Falando nisso

Nesta semana, a obra do canil veio à tona com diversas críticas ao local. Muita pessoas não concordam que o canil fique no mesmo local onde são realizadas festas. O barulho, a agitação e até fogos de artifício, prejudicam a saúde dos animais.


Campanha


Em tempos de campanhas eleitorais, o eleitor deve ficar atento às promessas feitas. Tem político que confunde esperança de vida melhor com oferecimento de ilusões que nunca serão cumpridas. É hora do eleitor prestar atenção e definir seu voto com base no que está sendo prometido. 


Mui amigos

O ex-prefeito Gustavo Prandini, um dos mais ferrenhos críticos de Carlos Moreira, Mauri Torres e demais nomes do grupo da prefeita, hoje é aliado e candidato a vereador no partido da própria prefeita. Gustavo tem participado de reuniões ao lado de Moreira e da esposa, sem o menor constrangimento para os três. “Mui amigos”, como diriam.


Processos 

Só para relembrar, enquanto advogado e até quando esteve no cargo de prefeito, Prandini foi um dos que mais moveram ações contra o ex-prefeito Carlos Moreira, o mais processado da história. Mas a política é como nuvens, cada hora está de um lado.


Dividido

Nos bastidores, a infomação é de que o grupo da prefeita comemora o racha entre os candidatos a prefeito Railton e Laércio. A chapa perdeu as eleições por 126 votos. Segundo fontes, o grupo afirma que um tira voto do outro e que a prefeita corre livre por fora, enquanto isso. Cada dia fica suspeito que a aproximação de Fabrício Lopes ao PT e a troca de lado foi armada em outras esferas. 


Lado

E falando em lado, o atual vice-prefeito, Fabrício Lopes (Avante), se uniu ao grupo rival do governo do qual ainda faz parte. Ele não só trocou de lado, como também, se uniu ao PT, partido que tanto criticou e combateu. Coisas da política de sempre... 


Lado I

E por falar em lado, o peessedebista, “moreirista” e “torrista” juramentado, Sinval Dias, afirmou em alto e bom som que tem orgulho de fazer parte do grupo que representa há anos e que não tem vergonha de declarar que tem lado. Ele, a prefeita Simone e demais do seu grupo estão do lado de políticos como o ex-governador Aécio Neves, acusado de receber R$65 milhões em propinas. 


Cadeiras

A prefeita Simone trocou metade do secretariado de 2017 para cá. No entanto, a chefe do Executivo só mudou as pessoas de lugar. Foram pouquíssimos os nomes desligados de fato. O que houve, foi uma verdadeira dança das cadeiras. Para se ter ideia, tem advogada ajudando na comunicação e jornalista na saúde... 


Cada uma

Durante a reunião da Câmara desta semana, o vereador Toninho Eletricista (PTB) soltou a pérola: “Mesmo político que rouba e que não faz nada, merece um pouco de respeito”... É cada uma que se ouve na reunião da Câmara. 


Amepi

A sede da Amepi passa por reformas. Até aí, tudo bem. Chama atenção é que o piso original, da época da construção, há mais de 35 anos, foi substituído por outro, sem qualquer motivo aparente. Para quem não sabe, a sede da Associação foi construída com materiais doados por todas as Prefeituras da região, em exemplo de puro associativismo. O piso, em blocos de concreto, era ambientalmente correto e estava em boas condições. A história precisa ser respeitada e o dinheiro das Prefeituras que mantém a Amepi também.