Desde 1984
Wagner Ragi Curi Filho
18 de Outubro de 2019
Universidade para além de seus muros
A Universidade Federal de Ouro Preto, no ano de 2002, se instalou na cidade de João Monlevade, inaugurando o Instituto de Ciências Exatas e Aplicadas (ICEA). Atualmente, são 1350 estudantes de graduação de 4 cursos, sendo que 25% dos alunos são jovens da própria cidade. Portanto, próximo de 330 jovens monlevadenses estudam na UFOP em JM. Quando se pensa na região do Médio Piracicaba, este número sobe para quase 600 jovens. Parece pouco, mas isso significa que 5% da população de 18 a 24 anos da cidade estuda na UFOP.
Além de estudar, muitos dos alunos da UFOP trabalham como estagiários da região e contribuem para melhoria de organizações e empresas, pequenas e grandes: desde siderurgias até escolas. Há de se destacar também o impacto econômico proporcionado pela UFOP, cujo orçamento, em João Monlevade, passa dos 10 milhões de reais anuais. São gerados trabalhos para mais de 140 pessoas. Quantas empresas da cidade possuem tantos trabalhadores assim?
Há ainda empregos indiretos gerados pelas empresas que prestam serviços à Universidade e gerados a partir de empresas que possuem como clientes importantes os estudantes da Universidade. Estima-se que os estudantes da UFOP de fora da cidade gastam, em média, R$600 mensais cada um, totalizando uma injeção na economia da cidade, no valor próximo de R$610.000,00 mensais. Esses números ratificam pesquisa realizada na cidade em 2017, na qual, 83,6% dos entrevistados responderam que perceberam um crescimento econômico após a instalação da UFOP e da UEMG no município.
Para além de uma república que, eventualmente incomoda seus vizinhos, uma Universidade faz muita coisa para além de seus muros, que excede, inclusive, o impacto socioeconômico. É comum acreditarmos que uma Universidade funciona como sendo apenas uma instituição de ensino que permite ao jovem estudar uma profissão. Entretanto, uma Universidade é muito mais.
Há projetos de pesquisa e de extensão (projetos que são trabalhados diretamente com a comunidade local). O ICEA possui (em 2019) 41 projetos de extensão e dezenas de projetos de pesquisa. Várias escolas e organizações de João Monlevade possuem projetos em execução com a UFOP (Ex. Luiz Prisco, EMIP, Alberto Lima, Parreiras, Hospital Margarida, Atlimarjon, dentre outras). A UFOP também contribui com a organização do Festival de Inverno e Realiza o Evento Campus Aberto, momento no qual a comunidade visita o campus.
Por fim, a UFOP, embora com dificuldades, vem mantendo cursos de qualidade e expandindo suas diversas ações, contribuindo sobremaneira para o desenvolvimento local e nacional. Nesse sentido, convidamos todos e todas a pensar e refletir sobre os desafios da educação brasileira pois, defender a Universidade Pública com qualidade e para todos, é defender também a cidade e o país.

() Wagner Ragi Curi Filho é Professor Doutor do Departamento
de Engenharia de Produção da UFOP em João Monlevade