Papo Aberto
1 de junho de 2018

Papos homeopáticos

Oportunismo

Qualquer tipo de manifestação popular, desde que pacífica, em prol de melhorias na vida das pessoas é bem-vinda. E a greve dos caminhoneiros, no que tange esse fator, é salutar e merecia apoio. Parabéns à categoria Mas que tinha muito oportunista e politiqueiro barato (nenhum caminhoneiro, deixo claro) tirando proveito da situação para fazer palanque político, isso tinha Monlevade que o diga E digo mais, se o governo estadual ou federal fosse de partido aliado ao grupo político que "comanda" João Monlevade, muitos discursos demagógicos que ouvimos seriam outros. Acorda Brasil Acorda Monlevade Chega de hipocrisia.

G6

No Campeonato Brasileiro de futebol, o G-6 representa os seis clubes classificados para a Copa Libertadores da América do ano seguinte. Nas eliminatórias sul-americanas de uma Copa do Mundo, aponta os quatro classificados para o mundial, o país que disputará a repescagem com uma seleção da Oceania e uma nação aborrecida que ficou no "quase". Na seara da economia mundial e globalizada, apresenta as seis maiores potências financeiras do planeta.
Ah, em João Monlevade? Apenas representa seis embustes inexpressivos se expondo ao ridículo por mídia. E ponto.

Gato comeu

Passados mais de dez anos do anúncio da implantação do natimorto Hospital Santa Madalena e do gasto (ou sumiço) de cerca de 20 milhões de reais, uma dúvida paira no ar: Qual o destino dado aos equipamentos comprados pela Prefeitura de João Monlevade à época, já que o hospital não entrou em funcionamento e os materiais, logicamente, não foram utilizados? Entre eles, um pomposo elevador, que não foi instalado no local, pois não era adequado ao espaço. O gato comeu? Com a palavra, os (i)responsáveis.

() Luiz Ernesto é jornalista, escritor e subeditor do A Notícia