Você está em Opinião / ESPAÇO LIVRE /
Espaço Livre
23 de outubro de 2017
Faz de Conta


Monlevade é a cidade do faz de conta. Aqui, faz-se de conta que existe investimento, faz-se de conta que existe ajuda, faz-se de conta que se faz alguma coisa. E isso não é de agora, a cidade está assim já há um tempo. Aparentemente, ninguém se importa, nem políticos, escolas, comerciantes e até mesmo a população. A única coisa que realmente acontece em Monlevade, são as reclamações, os crimes e a tristeza. E rodando pela cidade a única inovação que se percebe é a criação de novos quebra molas... lamentável para uma cidade tão grandiosa…
Quer um exemplo de tudo que eu estou falando? Uma aluna foi estuprada saindo da faculdade e, três dias depois, houve um furto no mesmo local. Mesmo depois de manifestação, de grito, das pessoas pedirem por segurança, a cidade segue na mesma, como se estivesse tudo ótimo e dentro da maior tranquilidade. As manifestações estão imensas, tanto em rede social quanto nas ruas, as pessoas não aguentam mais viver com medo e insegurança. Cada volta na rua vem acompanhada de um trêmulo arrepio junto com a sensação de que você precisa se proteger o tempo inteiro.
Monlevade é uma cidade com duas universidades públicas, duas instituições de ensino superior privadas, escolas particulares e públicas excelentes no quesito aprovação e uma usina que, além de emprego, proporciona vários projetos sociais... Mas investimentos mesmo? Faltam e muito. Se a cidade e aqueles que vivem dentro dela percebessem o tanto que ela tem a crescer, viveríamos em um local simplesmente magnífico e exemplar.
Eu não tenho muito o que dizer, mas tenho a pedir. Pedir que todos que amam a cidade ou que habitam nela continuem gritando, pedindo e fazendo com que algo de bom realmente aconteça. Escutamos histórias antigas de parentes e amigos falando o quanto a cidade era amada, frequentada, badalada e, até mesmo, o tanto que ela era divertida. Principalmente, com seus dois cinemas, uma Praça de Mercado e muitos projetos desenvolvimentistas. Perdemos isso com o passar do tempo, mas não significa que não iremos recuperar.
LEIA TAMBÉM
 
Publicidade
Publicidade
31 3851-1791
Av. Rodrigues Alves, nº 78, República
João Monlevade/MG
NOTÍCIAS
OPINIÃO
OPINIÃO
SOCIAIS