Você está em Opinião / COXIA /
Coxia
1 de setembro de 2017
Coxia 2331
Rua Imbé I

Moradores da rua Imbé, no bairro Vila Tanque, reclamaram com o A Notícia sobre a utilização da rua como estacionamento para diversos veículos de trabalhadores da ArcelorMittal Monlevade e de empreiteiras da empresa. De acordo com as reclamações, muitos veículos são estacionados nos dois lados da via, que é estreita, o que dificulta o trânsito no local e alguns carros são colocados em frente à garagens. Eles alegaram que, com as obras de manutenção na Usina, e, consequentemente, com o aumento de trabalhadores no local, o problema se agravou.

Rua Imbé II

Questionado sobre o assunto, o chefe do Setor de Trânsito e Transportes (Settran) da Prefeitura de João Monlevade, Brenno Lima, afirmou que o setor está ciente do problema e que irá proibir o estacionamento em um lado da via. Com o término dos trabalhos na siderúrgica, o problema deve se amenizar. É o que os moradores esperam.

Rotativo

Falando em estacionamento, o famoso rotativo na região central completou, recentemente, um ano e dois meses de implantação em João Monlevade. Nesse período, o sistema gerou muitas reclamações, denúncias, críticas e questionamentos, mas também recebeu elogios e palavras de apoio de usuários. Para alguns, gera muitas dúvidas e não é eficaz. Para outros, é necessário e é preciso tempo para acostumar com ele. São as visões diferentes sobre a iniciativa.

Rotativo II

E o chefe do Settran avalia o sistema como positivo. A Ti mob, empresa que gere o sistema foi procurada e não respondeu à reportagem, para também avaliar o Rotativo. Como o tempo é o senhor da razão, só ele dirá se deu certo ou não. Enquanto isso, a população pode esperar por melhorias?

Que rei sou eu?

O presidente da Amepi, Léris Braga, conseguiu o que nenhum outro presidente da entidade conseguiu nos últimos anos: separar municípios por insatisfação dos prefeitos associados. É um triste momento da entidade, que comemora 32 anos amanhã (2). A Amepi é uma associação séria e seu presidente pode até querer reinventá-la. Mas nunca poderia perder o princípio básico que a edificou: o associativismo, o diálogo e a participação coletiva. Tudo, menos o autoritarismo dos que olham para o próprio umbigo.

Juventude

Estudantes de Itabira, Monlevade, São Gonçalo e Conceição do Mato Dentro, que participam do Polo Médio Piracicaba do Parlamento Jovem, vão apresentar na etapa estadual do projeto, em setembro, a “exigência de que todos os secretários municipais tenham, obrigatoriamente, que comprovar experiência na área pela qual sua secretaria é responsável”. Boa sacada e que impediria muitos dos atuais secretários de várias cidades mineiras. Jovens vendo a política com outros olhos

82 anos

A ArcelorMittal Monlevade chega aos 82 anos de muito aço e qualidade destacada e reconhecida internacionalmente. A boa notícia para a data é que o diretor da unidade informa que estuda meios de usar o TL3, laminador novinho que não está em funcionamento devido ao mercado internacional. Uma luz de esperança para ver a tão sonhada duplicação?
LEIA TAMBÉM
 
Publicidade
Publicidade
31 3851-1791
Av. Rodrigues Alves, nº 78, República
João Monlevade/MG
NOTÍCIAS
OPINIÃO
OPINIÃO
SOCIAIS