Você está em Opinião / COXIA /
Coxia
13 de abril de 2017
Coxia 2291
Aló, Cleres

Moradores do bairro Alvorada entraram em contato com o jornal A Notícia essa semana, reclamando da falta de água no bairro, que, segundo eles, acontece há vários dias. Moradores de mais um local reclamam do sério problema na cidade. Fica o alerta ao diretor do Departamento de Águas e Esgotos (DAE), viu Cleres Souza

Orgulho

Mais um motivo de orgulho para João Monlevade. É que o artista plástico e filho da terra, Raylander Mártir dos Anjos, de apenas 22 anos, teve parte de suas obras classificadas para a Bienal de Arte de Portugal, uma das mais prestigiadas da Europa. Porém, para participar do evento, que acontece no mês de abril, Raylander precisa de ajuda financeira. O monlevadense que se interessar em ajudá-lo pode obter mais informações pelo telefone (31) 99532-1088. É Monlevade pelo mundo.

Manifesto I

O clima esquentou na porta da Prefeitura de João Monlevade na tarde da última terça-feira (11). É que servidores municipais, liderados pelo Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público de João Monlevade (Sintramon), realizaram uma manifestação no local, protestando contra as propostas do Executivo em relação ao Acordo Coletivo de 2017. Bem ao estilo do comunicador Carlos Moreira.

Manifesto II

Exaltados, os trabalhadores se mostraram indignados por não serem recebidos para uma reunião de negociação e criticaram duramente o reajuste de 5% proposto pelo Executivo, com acréscimo de R$14,00 no vale-alimentação, de R$228,00. A reivindicação dos servidores é de 14% de reajuste e vale-alimentação de R$350,00 para todos. E a queda de braço continua na semana que vem, inclusive, com ameaça de greve.

Ironia

Durante a manifestação de terça-feira, um dos servidores, ao fazer uso da palavra, afirmou que um dos candidatos derrotados nas últimas eleições, que foi contratado pela Prefeitura e recebe gratificação salarial de 80%, disse a seguinte frase: “Se eu soubesse que perder era tão bom, teria perdido antes”. Caso a frase proceda, é o cúmulo da ironia e do absurdo. Lamentável.

Vida dura

A prefeita de João Monlevade, Simone Carvalho (PSDB), tem se esforçado para fazer um bom governo e acertar em suas ações e iniciativas nos primeiros três meses de mandato. Só que, apesar disso, o que ela ganhou de presente de 100 dias de governo foi uma ameaça de greve dos servidores públicos e uma manifestação na porta da Prefeitura. Realmente, vida de prefeito (a) não é fácil.

100 dias

E por falar em 100 dias de governo, esta edição traz um caderno especial com as principais ações e iniciativas de alguns prefeitos da região no período. A maioria dos chefes do Executivo têm pautado suas ações de olho na famigerada crise e com os pés no chão. Alguns já se destacam. Outros deixam a desejar. Ao cidadão, cabe a avaliação.
LEIA TAMBÉM
 
Publicidade
31 3851-1791
Av. Rodrigues Alves, nº 78, República
João Monlevade/MG
NOTÍCIAS
OPINIÃO
OPINIÃO
SOCIAIS