Você está em Opinião / ESPAÇO LIVRE /
Espaço Livre
7 de abril de 2017
OLHARES: Perseguição de desejos
EDUARDA LUIZA

É engraçado falar sobre sonhos. Eles parecem distantes e afastados, parecem irreais e até algo que nunca irá acontecer, sendo que, na verdade, sonhos são conquistas resultantes da nossa busca e do nosso trabalho. Deu pra entender? É que tipo de sonhos só são improváveis se você quiser. Não existe essa coisa de sonho impossível, muito menos, isso de sonho “fora de mão”, sonho é sonho e cabe somente a você, correr atrás para a realização deles.
É o seguinte: a gente vive numa sociedade imediatista (eu já até falei sobre isso, lembra?) e esse tipo de sociedade não está lá muito interessada em buscar o futuro, a gente pensa no AGORA, isso não é errado, mas nos faz desistir dos nossos sonhos ou até mesmo de projetos de longo prazo.
Honestamente (e até por experiência própria) é muito fácil desistir e não querer continuar tentando e largar tudo, apenas para permanecer na mordomia e no que é de costume, rotina ou normalidade.
É muito fácil falar de sonhos quando não se sabe o que quer para o dia de amanhã, mais fácil ainda quando você já tem tudo o que quer ou quando o desafio não é seu. É muito fácil julgar alguém por sonhar alto ou por desistir tão rápido sem saber o que a pessoa passa ou o que ela está disposta a lutar por.
Agora, quando você persiste, quando você corre atrás, quando você busca, a sua recompensa é simplesmente incrível. Não existe sensação mais tocante do que a sensação de saber que aquilo pelo qual você lutou, você buscou e batalhou se realizou e concretizou.
Acho que eu já falei o que eu queria falar, mas eu só quero deixar guardado que, independente do seu sonho, seja ele “besta”, difícil ou bobo, vale a pena lutar por ele, pois seus sonhos são na verdade seus desejos e o que seria de nós sem eles? Para fechar esse texto, deixo aqui um trecho do Augusto Cury e acho que as palavras deles farão mais sentido que as minhas “Os sonhos são bússolas do coração, são projetos de vida. Os desejos não suportam o calor das dificuldades. Os sonhos resistem às mais altas temperaturas dos problemas. Renovam a esperança quando o mundo desaba sobre nós. (...) Tem fundamento o seu pensamento, pois os sonhos abrem as janelas da mente, arejam a emoção e produzem um agradável romance com a vida.”

EDUARDA LUIZA é monlevadense, tem 17 anos e é escritora
LEIA TAMBÉM
 
Publicidade
31 3851-1791
Av. Rodrigues Alves, nº 78, República
João Monlevade/MG
NOTÍCIAS
OPINIÃO
OPINIÃO
SOCIAIS