Você está em Opinião / COXIA /
Coxia
17 de março de 2017
Coxia 2283
Cala boca?

De acordo com informações de bastidores, a servidora comissionada da Prefeitura, Maria aparecida Caldeira, conhecida como “Cida do Ônibus”, após solicitar a mesma gratificação recebida por candidatos a vereador derrotados, já que atuava no setor há quatro anos, foi colocada de férias e, depois, transferida para outro setor da administração municipal. Pelo que parece, para não dar mais dor de cabeça, foi feito o famoso “cala a boca”. Assédio pouco é bobagem

Canalhas

Chamou a atenção o pesado adjetivo “canalhas”, utilizado pelo presidente do PDT de João Monlevade, Aguinaldo Vieira, ao se referir aos vereadores de João Monlevade em relação a votação de um anteprojeto, em uma rede social. O caso ganhou repercussão na última reunião da Câmara e não é para menos, pois o PDT tem peso em Monlevade e região, possuindo um representante no Legislativo monlevadense e sendo o partido do deputado estadual Nozinho, majoritário na cidade. Polêmica à vista, já que os parlamentares falaram em medida de repúdio contra o presidente, a ser entregue ao deputado.

Quadra

Depois de matéria publicada no jornal A Notícia informando sobre a denúncia feita pelo vereador Thiago Titó (PDT) em relação ao estado precário das quadras do Loanda e da rua Vanádio, no Cruzeiro Celeste, reformadas recentemente pela Prefeitura, o Executivo revitalizou a pintura do piso da quadra Zé Carneirinhos, no Loanda, entre as avenidas Issac Cassemiro e Cândido Dias. Se outras demandas fossem atendidas com a mesma rapidez, a cidade estaria bem melhor.

Raro

Após reivindicações de moradores e questionamentos do jornal A Notícia, a Prefeitura de João Monlevade informou sobre a realização de operação tapa-buracos na rua Leonardo Diniz, no bairro Petrópolis. Na ocasião, a assessoria do Executivo também afirmou que serviços de capina e limpeza serão feitos na referida rua e em vias próximas, que estão com muito mato. Diga-se de passagem, a segunda informação nem havia sido questionada pelos moradores ou pelo jornal. Um bom e raro exemplo vindo do serviço público. Que continue assim.

Quem?

O vereador Cláudio Cebolinha (PTB) arrancou risos dos colegas e do público durante a reunião da Câmara na última quarta-feira (15) ao conceder uma aparte em sua fala ao colega Lelê do Fraga (PTB). Primeiro, ele se dirigiu ao colega como Lelis e, ao tentar corrigir a gafe, o chamou de Telles... Isso porque se senta ao lado do comerciante, que é seu colega de partido e os dois são da mesma região da cidade.

Café de luxo

Nota do jornal O Tempo, de Belo Horizonte, publicada na última terça-feira (14), chamou a atenção para os quase R$72 mil destinados à compra de lanche na Câmara Municipal de São Gonçalo do Rio Abaixo. Deve ter muita gente querendo provar desse cafezinho de luxo.

Crimes

A leitora do jornal A Notícia e moradora da cidade de Nova Era, Joana Isabela Lopes Ferreira, utilizou as redes sociais nos últimos dias para fazer desabafos, denúncias e alertas sobre a onda de violência em sua cidade. Com a iniciativa, Joana tenta chamar a atenção e mobilizar a sociedade, a imprensa e as autoridades para o aumento da criminalidade no município. Um bom exemplo de cidadania, que deveria ser seguido por mais pessoas na região. O alerta é importante e muito bem vindo.
LEIA TAMBÉM
 
Publicidade
31 3851-1791
Av. Rodrigues Alves, nº 78, República
João Monlevade/MG
NOTÍCIAS
OPINIÃO
OPINIÃO
SOCIAIS