Você está em Opinião / COXIA /
Coxia
10 de março de 2017
Coxia 2281
Santa Cecília

Moradores do Santa Cecília, em João Monlevade, reivindicam melhorias em algumas ruas do bairro. E o pior é que há um ofício assinado pelo presidente da Câmara, Djalma Bastos (PSD), solicitando à Prefeitura a limpeza dos locais, só que até hoje nada foi feito. Eles reclamam de muito mato e da presença de animais peçonhentos. A reportagem esteve no local e viu que as reivindicações se justificam.

Bingo

Para tentar resolver a questão da devolução do dinheiro aos compradores de cartelas do bingo cancelado em João Monlevade, a provedoria do Hospital Margarida entrou com um processo na Justiça para que a empresa organizadora do evento faça a devolução dos valores. O processo 036217001350-6 já foi aberto, porém, a audiência ainda não foi marcada pela Justiça. Uma luz no fim túnel foi acesa aos compradores de cartelas lesados.

A Estrela

Será lançada na noite de hoje (10), em Rio Piracicaba, a edição da revista A Estrela produzida pelas internas da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac) da cidade. É a primeira vez, no Brasil, que a revista é produzida em uma unidade prisional feminina. Sem dúvida, uma bela iniciativa, que valoriza as detentas na semana em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, celebrado na última quarta-feira (8).

Livro

E para fechar a Semana da Mulher com chave de ouro, João Monlevade ganha mais uma escritora. É que a monlevadense Michele Bicalho lança amanhã (11) sua primeira obra literária: “Sobre o leite derramado”. O lançamento do romance acontece às 19h, na pizzaria Nomad, na avenida Castelo Branco. Parabéns e que outras obras venham.

Trocadores

Pelo visto, no que depender dos vereadores Vanderlei Miranda (PR) e Tonhão (PPS), a Enscon Viação não terá vida fácil em João Monlevade. Os dois parlamentares protocolaram, nesta semana, uma representação contra a empresa no Ministério Público. O motivo é a retirada dos trocadores nos ônibus da cidade, o que, de acordo com os vereadores, desrespeitou uma lei municipal através de uma simples ordem de serviço. Vem polêmica por aí

Desabafo I

O vereador Pastor Carlinhos (PMDB) não poupou críticas à abordagem que recebeu de policiais militares em visita recente ao Fórum Milton Campos. Segundo o parlamentar, ele foi questionado, de forma ríspida e truculenta, por um policial, sobre o que estava fazendo no local, próximo a uma sala onde acontecia uma audiência.

Desabafo II

Indignado, Pastor Carlinhos disse que não adianta pressioná-lo pelo que ele fala na tribuna, pois vai continuar falando. “Não adianta tentar me pressionar, não tenho medo da polícia. Sou um cidadão e tenho direito de ir ao Fórum, é um prédio público. Estão querendo me amedrontar, mas não adianta”, desabafou o parlamentar, que também afirmou que o comandante da PM deve saber como alguns policiais estão trabalhando. Como diz o ditado: “É briga de cachorro grande”.
LEIA TAMBÉM
 
Publicidade
31 3851-1791
Av. Rodrigues Alves, nº 78, República
João Monlevade/MG
NOTÍCIAS
OPINIÃO
OPINIÃO
SOCIAIS