Desde 1984
Coxia
10 de janeiro de 2020
Coxia 2565
Bomba, bomba
Anunciadas vários dias antes, na terça-feira 7, o jornalista e radialista Chico Franco soltou em seu programa dividido com a apresentadora Mariléia Miranda, na Rádio Comunicativa FM, duas bombas contra o governo da prefeita Simone Carvalho (PSDB), em João Monlevade: venda de medicamentos abortivos proibidos e tráfico de drogas dentro do Posto de Saúde do Novo Cruzeiro.
Apuração lenta
O caso foi denunciado à Polícia Civil há oito meses, mas continua em investigação e sob sigilo acordado entre a PC, MP e Justiça, segundo informou o delegado regional, Paulo Tavares.
Muito esquisito
Assessoria de Comunicação dá a entender que o Governo Simone não sabia de nada.
Uai Como assim? Não sabe que houve a denúncia, não sabe que a PC está investigando, não sabe se algum funcionário público foi ouvido, não sabe de nada? No mínimo, tudo muito estranho.
Direitos
É um direito da Justiça, MP e PC realizar investigações e demais procedimentos em sigilo. Do mesmo jeito que é direito do cidadão comum, pagador dos impostos que bancam tudo isto, ser informado dos motivos do sigilo e do que se apura. Ou não?
Reincidência
O ex-vereador José Benício Werneck era o gerente do Posto de Saúde do Novo Cruzeiro até o final do ano passado e teria sido demitido para ser beneficiado com um acerto de contas que o favoreceria. Ele estaria para voltar ao cargo nesta semana, não se sabe com quanto de gratificação. As denúncias complicam o gerente, mesmo porque ele já foi denunciado por distribuir receitas assinadas pelo médico Júlio César Pinto Coelho. Ele não foi nem advertido.
Encontro
Werneck, o médico Júlio e um advogado foram vistos juntos em bar na noite de quarta-feira (8). Weneck disse que vai se defender das acusações na justiça.
Doa a quem doer
A Assessoria da Prefeita disse que, comprovadas as denúncias, haverá punição doa a quem doer. Não é a primeira vez que isto é dito e que fica o dito pelo não dito. Esperar pra ver.
Quem é Chico?
Jornalista e radialista, Chico Franco já foi proprietário de jornal em João Monlevade, trabalhou em vários órgãos de imprensa, entre eles a Rádio Cultura e jornal A Notícia, além de ocupar a Assessoria de Comunicação por seis anos dos dois governos do ex-prefeito Carlos Moreira. Para Chico, quem manda na Saúde 100% é Carlos Moreira e não a esposa, a prefeita eleita.
Muito graves
Nenhum julgamento deve ser feito antes da devida apuração pelas autoridades competentes, mas que as denúncias são gravíssimas não resta a menor dúvida. O projeto de reeleição da prefeita Simone não terminou o ano bem e começou o novo pior ainda...
Pode piorar
2019 não foi de resultados muito positivos para o governo na Prefeitura de João Monlevade, mas resolveram piorar ainda mais nos últimos dias úteis do ano, dando gratificação de até 80% para 12 ocupantes, a maioria de cargos comissionados, aqueles de confiança e livre nomeação. Para um governo que não deu reposição nem reajuste salarial e reclama de falta de recursos para tanta coisa, foi um verdadeiro tiro no pé. Resta saber quem apertou o gatilho...
Mudança de hábito
No início do ano passado a prefeita viajou para a praia junto com o marido e levou até seu cachorro, tirou várias fotos e postou nas redes sociais. Neste início de ano, ela também viajou, mas não teve fotos, ninguém informou para onde, quando foi e quando voltou e nas mãos de quem ficou o governo.
Erramos
Ao contrário do publicado na última edição, as inscrições para a Escola de Informática, turma do primeiro semestre de 2020, começam no dia 7 de fevereiro e não no dia 7 de janeiro, como noticiado.