Coxia
3 de maio de 2019

Coxia 2497

Dívida
Mais uma vez, o Hospital Margarida volta à cena com uma triste notícia: a dívida do Estado de Minas em cerca de R$4,5 milhões pode fechar as portas da casa de saúde. Além do mais, os profissionais médicos do Margarida estão há 4 meses sem receber pela produção médica e também podem suspender atendimentos. A situação é grave e preocupante, já que o Estado não tem sinalizado que vá pagar suas dívidas...

Trânsito
Estruturas de semáforos já foram instaladas nas proximidades da avenida Gentil Bicalho, para a implantação do projeto Novo Centro, da Prefeitura de João Monlevade. A ideia é modificar o trânsito naquela região e resolver as demandas do local. A administração precisa explicar como, de fato, vai ficar o local e os impactos que as mudanças vão trazer para a região central.

Jacuí
Moradores do bairro Jacuí reclamam do péssimo serviço de telefonia fixa do bairro. Constantemente, o local fica sem telefone, e como a telefonia móvel já é precária, o bairro fica incomunicável. A Oi alega que o cabeamento é roubado por marginais. Mas, segundo os clientes, as contas chegam rigorosamente em dia sem nenhum desconto. Questão de respeito e de prioridades

Dengue
As mortes recentes causadas pela dengue e o número expressivo de casos confirmados e de suspeitos em João Monlevade nos últimos dias assustaram a população e reforçaram a ideia de que apenas as ações dos órgãos públicos não são suficientes para inibir a proliferação do mosquito Aedes aegypti e o avanço da doença na cidade. O poder público precisa agir, mas a população também tem que fazer sua parte.

Consciência
Limpar os quintais, não deixar água acumulada em lixos, pneus, vasos, calhas e outros locais são algumas das ações que devem ser feitas sempre. A dengue não é brincadeira, mata e não pode-se cair na velha armadilha do "isso não vai acontecer comigo". Se todos fizerem sua parte, a situação pode melhorar no combate ao mosquito. Infelizmente, em João Monlevade são vários os exemplos de descaso com lotes, terrenos, praças e canteiros, com muitos desses espaços sendo usados como bota-fora pela cidade.

Mortes
Em Minas Gerais, já ocorreram 21 mortes por dengue. As duas em Monlevade e a terceira suspeita ultrapassam 10% de todas as mortes do estado de Minas Gerais. Assunto mais que preocupante e que merece sair do palanque e chegar às ações necessárias de fato.

Posto
do Industrial
A Prefeitura de João Monlevade fechou, no último fim de semana, a Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Industrial para reformas. Um enorme cartaz foi colocado no local, informando que os atendimentos foram suspensos para que sejam executadas obras no posto e que, assim que os trabalhos terminarem, a unidade voltará a atender normalmente. Inclusive, com garantia da prefeita Simone Carvalho (PSDB).

Cresb
Mesmo com o aviso, tem muito morador do local com a pulga atrás da orelha, receoso de que o posto tenha o mesmo destino do Centro de Referência em Saúde Bucal (Cresb), que funcionava no bairro José Elói e que foi fechado para reformas em agosto do ano passado, mas que não recebeu nenhuma reforma até agora.

Jararaca
Moradora do Cidade Nova encontrou um filhote de cobra jararaca na porta da sua casa, na manhã de ontem (2). Chamou a atenção, pelo fato da casa ser vizinha à Unidade Básica de Saúde do bairro, que acabou de ser inaugurada. Todo cuidado é pouco.

Atraso
Segundo o vereador Toninho Eletricista (PHS), trabalhadores da ArcelorMittal estão chegando após o horário de início do trabalho, devido à lentidão e atrasos dos ônibus da Enscon Viação. Outros usuários também têm reclamado dos atrasos nos ônibus. Algo precisa ser feito porque o respeito ao cidadão deve vir em primeiro lugar.