Desde 1984
Editorial
12 de abril de 2019
História de vidas
Ao completar 35 anos de circulação ininterrupta amanhã (13), o jornal A Notícia consolida-se como o órgão de comunicação de maior regularidade da história de João Monlevade. Mas talvez, esse não seja o maior mérito das três décadas e meia em que é impresso. Dessa trajetória, o jornal orgulha-se dos profissionais e grandes talentos que passaram pela redação, administração, vendas, entre outros setores deste órgão de imprensa. A trajetória do jornal foi escrita (em princípio, à máquina, depois pelos computadores e, hoje, é feita até pela touch de smartphones) e legitimada pelo trabalho duro de homens e mulheres que redigiram matérias, artigos, reportagens, entrevistas, que venderam anúncios, que montaram páginas, fizeram artes, imprimiram, dobraram, distribuíram em bancas e venderam exemplares, ao longo de todo esse tempo. E, claro, os leitores, razão de ser de qualquer jornal. Sem todos esses, seria impossível chegar à marca dos 35 anos. E muitos desses nomes, após passarem pelo jornal, seguiram caminhos distintos, seja na área de comunicação ou não, sempre alçando voos mais altos e com destaque em suas trajetórias. Esse é o legado do Jornal A Notícia certamente. Hoje, de forma inédita, Luiz Ernesto de Oliveira Guimarães, jornalista do A Notícia, coloca seu nome como pré-candidato a prefeito de João Monlevade. O jornal não incentiva e não coloca obstáculos a qualquer um que queira participar do saudável processo democrático. Até porque, por questões éticas e com seu compromisso de imparcialidade, não pode ter candidato. Mas deseja ao profissional, sucesso em sua nova caminhada. Jornalismo se escreve com o respeito e dando espaço à pluralidade de vozes e opinião e às várias versões dos fatos. Assim, escreveu-se essa história de vidas.