Desde 1984
Coxia
1 de março de 2019
Coxia 2480
Fiscais
A prefeita Simone Carvalho anuncia comissão para fiscalizar postos e setores da saúde de João Monlevade. Ela afirma que visa melhorar o atendimento ao povo, uma de suas marcas de campanha. Nos bastidores, no entanto, a informação é a de que a medida vai fulminar jeitinhos e privilégios que estariam ocorrendo. Além de inspecionar cumprimento de horários, gestão de estoque, entre outros casos. Se não melhorar, cabeças vão rolar...

Novela
E é dada a largada para a novela da queda de braço entre a Prefeitura e o Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público de João Monlevade (Sintramon) para discutir o reajuste salarial do funcionalismo público em 2019. Em assembleia, a entidade reivindica reajuste de 7%, mais vale-alimentação de R$350,00. Agora, é aguardar a contraproposta do Executivo e apostar em quantos capítulos a novela deste ano se arrastará, ainda mais me tempos de crise tão anunciada.


As famosas e concorridas Missas de Cura e Libertação do padre Ricardo Caricati serão, novamente, realizadas em João Monlevade. De acordo com as informações, a primeira missa será realizada no dia 23 de março. Ótima notícia para os fiéis seguidores do padre na cidade, já que suas missas, em Monlevade, chegavam a atrair quase 3 mil pessoas. Em tempos difíceis e de tanta intolerância, a fé continua sendo o melhor remédio.

Família unida
A já famosa família de cavalos continua sua peregrinação pelos bairros de João Monlevade. Os quatro integrantes da trupe (três grandes e um mascote) foram flagrados fazendo um "lanchinho" na praça Onofre Ambrósio, na avenida Castelo Branco, bairro República, na última segunda-feira (25). Há quem suspeite que eles possam ser os responsáveis pelo sumiço das mudas de "beijinhos" do local, anunciada dias atrás. O povo não perdoa.

Êxodo
Os vereadores Vanderlei Miranda (PR) e Djalma Bastos (PSD) alertaram, nesta semana, sobre a mudança de muitas famílias da região para João Monlevade, fugindo dos perigos das barragens. Segundo os parlamentares, pessoas de Barão de Cocais, Santa Bárbara, São Gonçalo do Rio Abaixo, Catas Altas e Rio Piracicaba estariam mudando para Monlevade, o que já teria aumentado algumas demandas, como a do transporte escolar Rota. Assunto complexo e que merece análise. Será?

Bate boca
Não é novidade bate boca na Câmara. A questão é que o vereador Sinval Dias (PSDB), tem passado dos limites com suas críticas aos colegas opositores. Não raro, ele parte para ataques pessoais, ao misturar alhos com bugalhos na política. Experiente e com 26 anos de casa, como ele mesmo proclama, parece que tem lhe faltado, justamente, usar esses anos todos a seu favor. Está ficando feio para a Câmara porque a opinião pública não perdoa. É preciso rever questões de decoro e tomar providências.

Recado bem dado I
O vereador Rael Alves (MDB) surpreendeu a todos nesta semana ao responder provocações do colega Sinval Jacinto na tribuna do Legislativo, de que, na sede de mostrar serviço, estaria criticando o governo municipal sem razão.

Recado bem dado II
Em sua resposta, Rael afirmou que tem demonstrado convicção e personalidade em suas ações e que não adianta tentar distorcer suas falas. Para fechar com chave de ouro, destacou que "não adianta ter 25 anos ou dois dias de Câmara, todos os vereadores foram eleitos pelo povo e devem ser respeitados". Recado mais que dado aos governistas.

Eleições
Monlevade já tem alguns pré-candidatos declarados ou não, ao cargo de prefeito em 2020. A corrida começou bem cedo, com o posicionamento dos nomes, para ver se agradam a opinião pública. Mas muita água ainda passa debaixo dessa ponte. Chama atenção que, ao que parece, a mosca azul da política mordeu para valer e anda à solta na cidade.