As possíveis candidaturas a prefeito de aliados da prefeita Simone Carvalho (PSDB) nas próximas eleições colocam em dúvida se a chefe do Executivo monlevadense tentará a reeleição em 2..."> As possíveis candidaturas a prefeito de aliados da prefeita Simone Carvalho (PSDB) nas próximas eleições colocam em dúvida se a chefe do Executivo monlevadense tentará a reeleição em 2..." />
                   
Desde 1984
Coxia
25 de janeiro de 2019
Coxia 2470
"Muy amigo"
As possíveis candidaturas a prefeito de aliados da prefeita Simone Carvalho (PSDB) nas próximas eleições colocam em dúvida se a chefe do Executivo monlevadense tentará a reeleição em 2020. O líder do seu governo na Câmara, aliados próximos e até servidores de confiança têm colocado o nome à disposição e sugerido nomes, o que deixa no ar a dúvida se Simone tentará permanecer no cargo. Como se diz no jargão popular de humor: "Muy amigos".

Sim ou não
A prefeita Simone Carvalho e sua assessoria estão felizes da vida com o resultado da pesquisa do Instituto de Estudos Políticos que apontou 66% de aprovação do governo. Como perguntar não ofende, teria o levantamento sido feito no quadro “Pesquisa do Dia”, do Programa Carlos Moreira? Sim ou não?

Pressão
Informações de bastidores dão conta que o chefe do Posto do Novo Cruzeiro, José Benísio Werneck, foi à Câmara Municipal e exigiu que o presidente Leles Pontes (PRB) afastasse o vereador Revetrie Teixeira, que está hospitalizado em BH, e convocasse imediatamente o suplente, Rael Alves. No mínimo, falta de respeito, comportamento mesquinho e sem ética com o vereador que está em tratamento médico.

Visita
Falando nisso, o vereador que se recupera em Belo Horizonte recebeu, recentemente, a visita de vários colegas parlamentares e também do casal Moreira, a prefeita Simone e o marido dela, Carlos Moreira. Adversidades políticas à parte, nessas horas, a solidariedade fala mais alto.

Mudanças I
A servidora pública estadual Eliana Horta Lage foi nomeada dias atrás pelo governador Romeu Zema (Novo) como a nova diretora da Gerência Regional de Saúde (GRS) de Itabira. Ela substitui o dentista Alexandre de Faria Martins da Costa, o "Banana", que, recentemente, era um dos personagens dos conflitos e polêmicas envolvendo o órgão, o Conselho Municipal de Saúde e a direção do Hospital Margarida, principalmente, em virtude de vistorias técnicas na unidade de saúde.

Mudanças II
A pergunta que não quer calar sobre a nomeação é a seguinte: a nova diretora irá manter uma convivência harmoniosa com as entidades citadas ou vêm mais polêmica por aí? Nos bastidores, as apostas são de que alguma parte deve perder o sono, mais precisamente a do hospital. É esperar para ver e torcer para que divergências políticas e ideológicas não afetem o atendimento à população.

De molho
O jogador monlevadense Vinícius Araújo, do Vasco da Gama, se submeteu a uma cirurgia no joelho esquerdo na última sexta-feira (18). O atacante está confiante em sua recuperação e os monlevadenses, claro, esperam que, tão logo volte aos gramados, Vinícius volte a se destacar no mundo do futebol profissional, já que talento e determinação ele possui, pois não se chega aonde ele chegou no esporte profissional à toa ou por sorte. A equipe do A Notícia também deseja votos de recuperação e que o craque volte a marcar muitos gols

Boa notícia
Uma boa notícia foi o anúncio da licença concedida pelo Copan para a construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Carneirinhos. A obra é de grande importância para o município de João Monlevade, já que irá tratar grande parte do esgoto da cidade, além disso, é um passo importante para colocar fim em uma novela que se arrastava há anos. Um grande passo para a saúde da população.

Dor de cabeça
Um assunto que deve dar pano para a manga é a investigação do Ministério Público sobre o pagamento dos benefícios extra-classe e "pó de giz" aos professores da rede municipal de ensino. A denúncia foi provocada pelo vereador Cebolinha (PTB), que é da base da prefeita, justamente por não ter sido atendido em seus questionamentos sobre o assunto. Agora, a Justiça pede a suspensão do pagamento de alguns profissionais. Dor de cabeça que poderia ter sido evitada pelo governo.