Desde 1984
Coxia
18 de janeiro de 2019
Coxia 2468
Festejar
Dentro de 100 dias o município de João Monlevade completa 55 anos de sua emancipação. Qual será a programação oficial para comemorar a data? Um amplo projeto da Casa de Cultura para destacar os principais fatos de nossa história?

Grande show
Um grande show também seria um bom presente da Prefeitura aos monlevadenses. O show até está garantido, mas, por enquanto, apenas através da iniciativa privada, com cobrança de ingressos. O cantor Gusttavo Lima fará show em Monlevade no aniversário da cidade, dia 29 de abril, e justamente no Parque do Areão, área da Prefeitura e que poderia ser utilizada para eventos produzidos por ela.

Cultura na saúde
E por falar em Casa de Cultura, a diretora-executiva da fundação, Claira Ferreira, está bem longe dos assuntos culturais neste mês de janeiro. Nesta semana, ela foi vista atendendo o público na recepção da Policlínica Central, no bairro José Elói. De acordo com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, a servidora está, por 15 dias e interinamente, no lugar da gerente da unidade de saúde, que saiu de férias.

Jogando nas onze
Tudo bem, nada demais, ilegal ou imoral. Mas não deixa de ser inusitado a diretora da pasta de Cultura atender no balcão de um posto de saúde, fugindo completamente de suas atribuições e competência. Das duas uma: o fato demonstra uma servidora "pau para toda obra", que veste a camisa, ou mostra falta de gestão e planejamento, como um "tapa buraco". Afinal, como dizem no futebol: "Quem joga nas onze não joga em nenhuma". Os bastidores, definitivamente, não perdoam.

Reeleição
Dentro de 20 meses começam as campanhas eleitorais que vão eleger ou reeleger prefeitos e vereadores. Em Monlevade, a prefeita Simone Carvalho vai tentar a reeleição? Vão abrir espaço para o vice Fabrício Lopes? Surgirá um nome novo?

Dá tempo?
Para melhorar a baixa avaliação que estão tendo dos eleitores, a maioria dos atuais prefeitos terão que mostrar muito serviço neste ano de 2019. Com a crise econômica, atraso nos repasses de recursos e impostos pelos governos Estadual e federal, alto custo das pesadas máquinas administrativas e incapacidade de gestão de muitos, o que se pode esperar?

Filme antigo
O Conselho Municipal de Transporte (CMT) de João Monlevade elegeu sua nova diretoria na semana passada. Bom, nem tão "nova" assim, já que o presidente volta a ser o já lendário Jorge Assis Lial, que ocupou o cargo por muitos anos, principalmente durante os governos municipais comandados pelo atual grupo político que detém o poder. Que a população e os usuários do transporte coletivo da cidade sejam a prioridade da nova direção.

Abrigos polêmicos
E por falar em transporte, a anunciada implantação de abrigos em pontos de ônibus da avenida Wilson Alvarenga, na região de Carneirinhos, promete gerar mais polêmicas, assim como aconteceu no ponto que foi retirado da praça Domingos Silvério Sobrinho. De um lado, usuários, que serão contemplados, do outro, empresários e comerciantes, que se dizem prejudicados com a medida. É esperar para ver.

Orgulho
O esporte monlevadense começou o ano com bons motivos para comemorar. Além de dois jovens da cidade disputando a famosa Copa São Paulo de Futebol Júnior, Mateus Matoso e Daniel Soares, o árbitro Marco Antônio da Silva será um dos árbitros assistentes (bandeirinha) na partida entre Atlético-MG e Boa Esporte, no próximo domingo (20), pelo Campeonato Mineiro de 2019. São os filhos da terra levando o nome de João Monlevade Brasil afora.

Montar touro
O padre Marco José entrou na igreja matriz de Carneirinhos montado num touro de longos e vistosos chifres. Periga algum outro religioso resolver entrar em sua igreja montado num jacaré. Se a moda pega qualquer dia aparece um elefante por aí. A fé não remove só montanhas.