Coxia
20 de julho de 2018

Coxia 2419

Régua

Vereadores de João Monlevade e demais agentes políticos vão receber o reajuste salarial deste ano retroativo ao mês de janeiro e de uma vez só. Por outro lado, os servidores da prefeitura, mesmo após cinco meses de espera, devido às negociações, vão receber o aumento retroativo de quatro vezes. Se não é ilegal, é no mínimo, imoral. Uma régua diferente para medir situações iguais...

Enquanto isso...

Em Itabira, a vice-prefeita Dalma Barcelos (PDT) abriu mão do reajuste de cerca de R$2 mil em seus vencimentos. Ela considera antiético recebê-lo, enquanto os servidores públicos do município, estão há dois anos sem reajuste justificado por crise financeira... Por mais políticos assim

Ética

É público e notório que o comunicador Carlos Moreira faz as vezes de defensor do governo da esposa e até de ouvidor das reclamações da população. Isso não seria diferente em se tratando de quem é. Inclusive, conduzindo entrevistas de acordo com seus interesses, mal deixando os entrevistados responderem, apesar de serem escolhidos a dedo, para não desagradar “o chefe”. Agora, usar uma rádio que funciona a partir de concessão pública para isso, foge de qualquer valor ético.

Mudança I

Após 33 anos ininterruptos, o tradicional Torneio de Inverno do Real Esporte Clube sofrerá uma alteração significativa: neste ano, só será permitida a entrada de sócios ao evento. A direção do clube alega uma medida administrativa, em virtude do grande público que comparece aos dias da competição e que dificulta um controle mais rigoroso por parte dos organizadores, principalmente, em relação ao consumo de álcool por menores de idade.

Mudança II

De acordo com membros de sua direção, o clube recebeu punição devido ao problema e a medida busca evitar novamente o ocorrido. Perdem entidades que recebiam os recursos da bilheteria, perde a comunidade, sem mais uma opção de lazer. Uma pena

Esporte

Esportistas de João Monlevade têm se destacado no cenário estadual, nacional e até mundial nos últimos anos, como sempre é publicado nas páginas do A Notícia. O último ótimo exemplo foi do nadador monlevadense Samuel Guedes, de 19 anos, que já foi personagem de matéria no ano passado no jornal. Samuel se destacou na Super Copa de Natação, realizada em Belo Horizonte e conquistou quatro medalhas na competição, três de bronze e uma de prata. O jovem atleta merece parabéns.

Alívio

O presidente do Sevor, Renato Carvalho, procurou a redação do A Notícia nesta semana para esclarecer que a entidade não fechará suas portas em João Monlevade, em nenhuma hipótese. A possibilidade foi levantada após as exigências estabelecidas pelo governo estadual aos grupos de resgate em portaria publicada recentemente. De acordo com Renato, "o Sevor vão vai parar e vamos nos adequar conforme a lei". A informação é um alívio para a população da região, que sempre aplaudiu o excelente trabalho voluntário do grupo.