Desde 1984
Geral
27 de Julho de 2021
Distrito Industrial de João Monlevade recebe duas empresas

Segundo a Prefeitura, permissões de uso foram aprovadas pela Comissão de Avaliação
 
A Campos Minerals & Metals (CMM) e a Sollar Soluções Ambientais e Reciclagem são as mais novas empresas contempladas com terrenos no Distrito Industrial de João Monlevade.

 Os contratos de Permissão de Uso das áreas foram assinados pelo prefeito Laércio Ribeiro (PT), na segunda-feira (26). “A regulamentação desses lotes é uma forma de atrair indústrias e gerar empregos para o cidadão monlevadense. Estamos focados em retomar o desenvolvimento econômico de nossa cidade”, destacou o prefeito . Ele enfatizou que a administração municipal está trabalhando para o fortalecimento dos pequenos negócios, para a abertura de empresas e atração de investimentos.

Os dois empreendimentos foram aprovados pela Comissão de Avaliação de Propostas para o Distrito Industrial. Composta por representes do Executivo, do Legislativo e da Sociedade Civil organizada, a Comissão avaliou a proposta de utilização da área e o plano de negócio, conforme determinação da Lei Municipal 1.831/2009, e deu parecer favorável.

Conforme a administração, outras duas indústrias já pleiteiam a autorização para utilização de área no Distrito.
 
Preferência pela cidade

A CEO da CMM, Pamella Faustina Campos, contou que a escolha do município para instalação da indústria se deve por ser monlevadense e querer gerar recurso onde nasceu. Ela citou a localização da cidade e o incentivo da Prefeitura como diferenciais. “Ter um local adequado, com as licenças e com uma área especifica para ser produzida, é extremamente importante para a empresa se desenvolver. Sem contar a localização estratégica que permite atender tanto o norte quanto o sul do Brasil”, pontuou.

O sócio da Sollar, Reginaldo Pinheiro Correia, disse que recebeu proposta para instalar sua empresa em um município vizinho, mas optou por João Monlevade por ter raízes na cidade. Ele também considerou relevante o apoio da administração municipal para o desenvolvimento do Distrito. “Monlevade é terra da gente. Eu não queria sair daqui. Com este apoio vou poder investir em equipamentos, infraestrutura e funcionários. Esse governo está fazendo o que nenhum conseguiu: colocar o Distrito para funcionar”, afirmou.
O secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Fabrício Lopes, ressaltou sua satisfação em saber que os empresários escolheram João Monlevade. “Nesses seis meses de governo, temos trabalhado para reestruturar o Distrito. Vamos investir mais de R$1 milhão de recurso próprio no local. Fico muito satisfeito em saber que as empresas escolheram ficar aqui. Isso para nós realmente é importantíssimo. É uma conquista da nossa equipe”, frisou.
Membro da Comissão de Avaliação, o vereador Bruno Cabeção (Avante), parabenizou o governo e desejou sucesso aos empreendedores. “O futuro da nossa cidade passa pelo Distrito e esse investimento do governo é histórico. Desejo sorte a vocês empresários e ressalto que precisamos de vocês para a economia da nossa cidade girar”, salientou.
 
Licitação
A Prefeitura de João Monlevade abriu processo licitatório para contratar empresa para a execução de obras de infraestrutura do Distrito Industrial. Os serviços consistem na pavimentação de cerca de 1 km de vias, que contará com investimentos de R$ 1.020.244,54 de recursos próprios. Aberta no dia 7 de julho, a licitação encontra-se em fase de recurso.
De acordo com o prefeito e com o secretário de Planejamento, o investimento vai trazer melhores condições para as empresas atuarem no local. “Estamos empenhados em executar esse projeto, que era uma demanda antiga da população. Já estamos na fase de licitação para contratar a empresa para começar os trabalhos o mais breve possível', informaram.