Desde 1984
Região
26 de Março de 2021
Mais duas empresas chegam ao Distrito Industrial de São Gonçalo
AcomPMSGRA
Nozinho, sócios das empresas e secretários visitam a área

Instalações de fábrica de doces e gráfica industrial devem gerar cerca de 80 empregos diretos no município

 

O Distrito Industrial I de São Gonçalo do Rio Abaixo deve receber mais duas empresas e gerar mais empregos no município. Na tarde de terça-feira (23), representantes da fábrica Doces Dona Marlene visitaram a área para a implantação de sua fábrica de doce de leite e de frutas na cidade, que deve gerar cerca de 30 empregos diretos.
De acordo com o sócio proprietário da empresa, Silas Linhares Pinto, a expectativa para a instalação da fábrica em São Gonçalo é muito alta, pela estrutura que a cidade oferece e, principalmente, pela localização privilegiada para o escoamento da produção. “A aceitação dos nossos doces no mercado é muito boa e a nossa intenção é expandir para fora de Minas Gerais. E com essa expansão em São Gonçalo do Rio Abaixo será possível comercializar no Brasil inteiro”, destacou o empresário.
Outra empresa que se instalará no Distrito Industrial é a Hytech Indústria e Comércio de Etiquetas Ltda, que terá um investimento inicial superior a R$1,5 milhão e vai gerar cerca de 50 empregos no município. De acordo com o diretor industrial da empresa, Avelino Barony, a expectativa é explorar o mercado de identificação existente. “Nossos produtos possuem uma ampla aplicação como supermercados, frigoríficos, cosméticos, siderurgia, laboratórios, entre outros, o que faz da cidade de São Gonçalo do Rio Abaixo um ponto estratégico do ponto de vista mercadológico e logístico”, destacou.

Diversificação econômica

A diversificação econômica do município é uma das bandeiras do prefeito Raimundo Nonato Barcelos, o Nozinho (PDT). Preocupado com os impactos na diminuição da exploração mineral, Nozinho busca alternativas para a geração de emprego e renda da população, através da instalação de novas empresas na cidade, explorando os potenciais são-gonçalenses em busca de atrair novos investimentos. “Há uma grande perspectiva para a instalação de novas empresas no município, e estamos empenhados em diversificar nossa economia e torna-la uma cidade autossustentável”, ressaltou o prefeito.