Desde 1984
Região
25 de Março de 2021
Centro cultural de São Gonçalo será palco de lives

Após ficar mais de um ano sem promover nenhum tipo de evento cultural, o Centro Cultural de São Gonçalo reabre suas portas para que artistas do município voltem a se apresentar no espaço. Devido às restrições impostas pela pandemia, inicialmente, esses eventos serão realizados sem a presença de público no local, mas com transmissão ao vivo, através do YouTube. As lives acontecerão a partir da primeira semana de abril e a programação será divulgada nos próximos dias.

A medida integra o programa Cultura em Casa que tem o objetivo de facilitar o acesso a atividades culturais, incentivar a produção artística e promover entretenimento para a população. A iniciativa é da Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo, por meio da Secretaria Municipal de Cultura.

Estão previstas uma série de ações que serão promovidas pela Prefeitura durante o período de isolamento social, possibilitando que o público tenha acesso a atividades e eventos culturais sem precisar sair de casa. Entre as atividades previstas estão a realização de lives, delivery de livros, programa de entrevistas, abertura de editais de fomento cultural e semana literária.

Produção Cultural

Outra novidade preparada, também para o mês de abril, será a estreia do Panorama Cultural, um programa de entrevistas com foco na produção artística e cultural da cidade de São Gonçalo.

Pensando na autonomia criativa, na diversidade da produção artística local e no apoio a entidades e produtores culturais, a Secretaria de Cultura prepara, para a próxima semana, o lançamento de três editais da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, para que artistas e entidades culturais inscrevam projetos para serem realizados no segundo semestre de 2021.

Literatura

Começou, nesta semana, o serviço de delivery de livros da Biblioteca Municipal Professor Joseph Blonski. Neste projeto, os interessados podem solicitar o empréstimo de obras literárias sem precisar sair de casa, sendo que o serviço de entrega e devolução dos livros é feito gratuitamente pela equipe da Secretaria de Cultura. 

A primeira pessoa a solicitar o delivery de livros foi o pequeno Hugo de Souza Bastos, de 9 anos, morador do bairro Papagaio. A mãe do garoto, Cátia Cristina de Souza, 35 anos, vibra com a oportunidade para o filho que, segundo ela, é apaixonado pela leitura. “É um ótimo incentivo nessa época de pandemia, principalmente para as crianças que estão privadas do contato físico com a escola”, disse.

Fortalecendo as relações institucionais e ampliando o alcance de suas ações, a Biblioteca Pública Municipal integrará a programação da 1ª Semana Estadual de Incentivo à Literatura, que acontecerá entre os dias 19 e 23 de abril.