Desde 1984
Região
21 de Fevereiro de 2021
Tempestades alagam hospital e deixam ao menos um morto em Santa Maria de Itabira

As chuvas de verão voltam a causar o caos no Médio Piracicaba. As tempestades das últimas horas deixaram uma pessoa morta neste domingo (21) em Santa Maria de Itabira. Um barranco encharcado deslizou sobre uma casa, no bairro Poção, o mais atingido. Outra possível morte é apurada. O Hospital Padre Estevam está inundado, e suas equipes se transferiram para o Centro Cultural da cidade. A MGC-120, que liga Santa Maria de Itabira a Itabira, ficou interditada em vários pontos, e as desobstruções já realizadas permitem apenas a passagem de veículos de emergência. 
Várias equipes do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) deslocam-se para Santa Maria de Itabira por terra e por ar, inclusive com o uso de barcos. O Centro de Referência em Assistência Social (Cras) do bairro Poção está sendo usado para os atendimentos. O chefe de gabinete do município, Eduardo Martins, classificou esta como sendo a pior tragédia provocada pelas chuvas na história de Santa Maria de Itabira, deixando a cidade em situação 'caótica'.  A Defesa Civil desmentiu o boato de que a barragem Santana houvesse se rompido. A Cruz Vermelha também foi mobilizada para a cidade. 
A Prefeitura de Itabira lançou uma campanha de solidariedade para a cidade vizinha. A comunidade pode ajudar doando itens de higiene pessoal, água potável, alimentos não-perecíveis, vestimentas e roupas de cama e de banho. As doações podem ser entregues do Corpo de Bombeiros, na rua São Paulo, 377, Amazonas, em Itabira.