Desde 1984
Região
17 de Fevereiro de 2021
Mauri Torres deixa presidência do Tribunal de Contas do Estado
O ex-deputado estadual Mauri Torres, com reduto eleitoral no Médio Piracicaba, deixa nesta quarta-feira (17) a presidência do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, que ele ocupou por dois anos. Em seu lugar, assume o conselheiro José Alves Viana. A cerimônia será realizada hoje, às 17 horas, no plenário da corte, e contará com a presença do governador do estado, Romeu Zema (Novo). Aos 70 anos, Mauri continua no tribunal como conselheiro, cargo que ocupa até completar 75 anos.

Mauri Torres entrou no Tribunal, um órgão consultivo e vinculado à Assembléia Legislativa, em 2011, depois de cumprir seis mandatos no Parlamento mineiro. Ao longo de sua trajetória política, foi aliado de políticos como Carlos Moreira, em João Monlevade; Wilber José de Souza, em Bela Vista de Minas; e Laura Carneiro, em Nova Era.

O novo presidente, o alagoano José Viana Alves, é conselheiro do TCE-MG desde 1º de agosto de 2012. Médico formado pela Faculdade de Medicina de Montes Claros em 1975, e elegeu-se vereador em Curvelo em 1982 e prefeito em 1988. O substituto de Mauri é pós-graduado em Direito Público: Controle de Contas, Transparência e Responsabilidade, pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG).