Desde 1984
Polícia
15 de Fevereiro de 2021
Fiscais acionam PM, que acaba com aglomeração no “Jorge”
A Polícia Militar dispersou na noite deste sábado (13) uma concentração de pessoas em um bar de Conceição de Piracicaba, distrito de Rio Piracicaba. Por volta das 22h30, a equipe foi acionada pelos fiscais contra a Covid-19 da Prefeitura, que apontavam para uma festa de Carnaval em um estabelecimento da praça Antônio Augusto Pessoa, ponto central do “Jorge”.

As cerca de 40 pessoas, que vestiam camisetas personalizadas de um evento carnavalesco, estavam sem máscara e descumpriam o decreto assinado na última quinta-feira pela Prefeitura piracicabense. O ajuntamento dispersou-se, algumas pessoas ficaram na praça e o proprietário do bar desligou o som minutos depois. Ele foi advertido e recebeu um relatório de notificação para o fechamento do estabelecimento.

Outro lado

Após a publicação da matéria, o proprietário do bar entrou em contato com o A Notícia e ofereceu sua versão sobre o ocorrido. Segundo Júnio Gomes, o que acontecia em seu estabelecimento era uma reunião de aniversário, e não uma festa de Carnaval. As camisas, diz, são de um encontro de amigos que ocorre há nove anos, sem qualquer relação com a folia.

O proprietário admitiu a presença dos fiscais e dos policiais, mas diz que as equipes chegaram já na dispersão das pessoas, às 19h40, e não às 22h30. Segundo ele, as pessoas não estavam sem máscara dentro do bar: “Eles apenas entravam, compravam a cerveja e saíam para beber, do lado de fora ou na praça”. Júnio também repele qualquer insinuação de que os presentes estivessem aglomerados ou que seu som estivesse muito alto: “Os fiscais não receberam denúncias sobre música alta', afirma.

A Notícia reitera que a matéria foi escrita a partir de informações fornecidas pela Polícia Militar.