Desde 1984
Polícia
22 de Janeiro de 2021
Para conter vandalismo, Velório Municipal será isolado e terá vigia
Héverton EliasAcomPMJM
Fechado há um ano, Velorio Municipal sofre com depredações
A Prefeitura de João Monlevade instalará tapumes em torno da sede e vai designar um vigia para o Velório Municipal, no bairro José de Alencar. A ação servirá para conter os atos de vandalismo que danificaram várias das estruturas do imóvel, fechado há um ano para a reforma do telhado. As partes hidráulica e elétrica foram depredadas, e as paredes estão pichadas.

Há cerca de um ano, em janeiro de 2020, uma goteira se abriu dentro da capela 1 do Velório Municipal, molhando um corpo que estava sendo velado e alguns dos familiares, que estavam sentados em um banco. Para sanar o problema, a Prefeitura alugou um imóvel no bairro Santa Bárbara, ao custo de R$7 mil mensais; em setembro, foi feito um aditivo, válido até março deste ano.

De acordo com o Executivo, o contrato com a empresa que faria a reforma foi rescindido de forma amigável entre as partes, por incapacidade técnica para a obra. Como os trabalhos não começaram, não foram efetuados pagamentos. Uma nova licitação deve ser aberta em breve. A Prefeitura diz ainda que, a pedido de Láercio Ribeiro (PT), todas as secretarias e departamentos devem entregar um relatório sobre sua situação, cujos resultados serão divulgados à comunidade.