Desde 1984
Polícia
22 de Janeiro de 2021
Som alto tira sossego de moradores do Barro Branco
Moradores do povoado do Barro Branco, em São Domingos do Prata, perderam o sossego nos fins de semana. Segundo moradores, muitas festas são promovidas em sítios da localidade e invadem a madrugada com som muito alto, que impede os vizinhos de dormir. Além da perturbação, aglomerações estão proibidas devido à pandemia da Covid-19.

Em contato com A Notícia, moradores reclamam que as festas são recorrentes e são marcadas pelas músicas com conteúdo indecente e pela vibração dos vidros e das paredes dos imóveis do entorno. Um aplicativo para medição de ruído aponta que o ruído dentro das casas da vizinhança passa dos 70 decibéis, sendo que os 90 decibéis são o limiar da surdez.

Um morador, que não quis se identificar, diz que a perturbação ao sossego vem do mesmo sítio que, em 1º de junho do ano passado, ficou quase completamente destruído quando explosivos foram acionados por acidente. Na ocasião, uma pessoa morreu, e a hipótese investigada pela polícia era de que os explosivos seriam usados para arrombar caixas eletrônicos.

Em 11 de setembro do ano passado, o A Notícia já havia noticiado que as festas varavam a madrugada e tiravam o sono dos residentes do Barro Branco. Na ocasião, a 17ª Companhia Independente de Polícia Militar, responsável por patrulhar São Domingos do Prata, respondeu que, em circunstâncias deste tipo, os moradores podem acionar o 190 (Polícia Militar) ou 197 (Polícia Civil) por perturbação de sossego.